64 episódios

Quem não gosta de sentar num boteco, tomar uma cerveja e papear? Os arquitetes Helena Tourinho e Vinícius Lopacinski (UnB) queriam incluir mais pessoas nas conversas arquitetônicas, tendo elas conhecimento técnico ou não, e sem aquela pompa de arquitete. Ou seja: Arquitetura de Boteco.

arquitetura de boteco arquitetura de boteco

    • Artes
    • 4,8 • 11 avaliações

Quem não gosta de sentar num boteco, tomar uma cerveja e papear? Os arquitetes Helena Tourinho e Vinícius Lopacinski (UnB) queriam incluir mais pessoas nas conversas arquitetônicas, tendo elas conhecimento técnico ou não, e sem aquela pompa de arquitete. Ou seja: Arquitetura de Boteco.

    #AVISO - RECESSO 2021

    #AVISO - RECESSO 2021

    Boteco fechado para reposição de estoque. Reabriremos dia 15 de agosto. Grata, a gerência!

    • 1m
    #53 - Roberto Burle Marx

    #53 - Roberto Burle Marx

    "Fessora, pode fazer o trabalho em um trio de quatro?" E foi assim que nasceu a santíssima trindade da arquitetura moderna brasileira: Lucio (pai), Oscar (filho), Athos (espírito) e o santo é ninguém menos que o primeiríssimo santa cecílier: Roberto Burle Marx. O nome pode até ser estrangeiro, mas o cara era muito brasileiro! Ele soube juntar o melhor do Brasil (com o Egito) com o restante de produção arquitetônica, artística e paisagística do mundo, afinal o que tem nesse país é planta pra sair colocando em tudo que é jardim que aparecer. Se hoje podemos ser pais e mães de plantas tropicais, lindas, coloridas, que fogem da monotonia do verde, é graças à esse cara. Ele reutilizava materiais de demolição, fez expedição amazônica pra aprender tudo da flora brasileira, advogou contra o desmatamento e ainda por cima, era artista plástico. E tudo isso há 60 anos! E você aí tirando onda de santa cecílier... vai vendo! • Arquitetura de Boteco por Helena Tourinho e Vinícius Lopacinski • Desenho do Burle Marx e nossa marca.

    • 1h 9 min
    #saideira 10 - Paris versus New York

    #saideira 10 - Paris versus New York

    As cidades famosas costumam ser unanimidade, né? Vontade de ir, todo mundo tem, mas e se fosse pra escolher entre uma ou outra? Se fosse pra ter uma batalha de cidades, como seria? A gente tem um exemplo legal: Vinícius já foi pra Nova Iorque, Helena para Paris, e nada disso importa, porque a gente mesmo não se lembra de quase nada dessas viagens! MAS, para nos ajudar, resgatamos um livrinho muito do simpático chamado Paris versus New York. O designer gráfico Vahram Muratyan criou essa espécie de novela Amigas e Rivais gráfica, em que cada uma das cidades apresenta um pouco da sua personalidade, por meio de desenhos simples e ideias gerais. Tem uns meio "pocas ideia", mas no geral a gente gosta como ele traduz as cidades sem precisar falar delas com palavras. 1, 2, 3, FIGHT! • Arquitetura de Boteco por Helena Tourinho e Vinícius Lopacinski • Recorte do livro Paris versus New York e nossa marca.

    • 15 min
    #52 - Livros 2.0

    #52 - Livros 2.0

    Nem só de desenho e projeto vive o arquitete. cá estamos nós de novo tentando ampliar nossa base de referências (bibliográficas). Como ganhamos um pouco de experiência, cada um escolheu só UM livro. Dessa vez, por sorte, ou não tanta, os livros escolhidos se tocam, abordando questões contemporâneas como a dominação por meio do sono e o falso conceito de "nuvem" que já contaminou até a arquitetura, que a gente achava que era sólida. Jonathan Crary (24/7: capitalismo tardio e os fins do sono)  e Guilherme Wisnik (Dentro do nevoeiro: arquitetura, arte e tecnologias contemporâneas) nos ajudam a entender um pouco dos movimentos que a sociedade está fazendo, para se deprimir mais, porque deve estar pouco. Talvez vocês saiam que nem a gente, sem respostas (de novo) e com tudo meio nebuloso, mas é só assim que poderemos começar a entender esse mundo descompassado e cheio de complexidades que estamos vivendo. • Arquitetura de Boteco por Helena Tourinho e Vinícius Lopacinski • Blur Building  e nossa marca.

    • 1h 6 min
    #saideira 09 - Laerte

    #saideira 09 - Laerte

    Em tempos tão difíceis como o que estamos passando, é sempre bom lembrar que tem muita gente foda do nosso lado, e a Laerte é uma delas. E olha que nem precisava ser o mês do Orgulho LGBTQIA+ para estarmos falando dela. Com humor sutil e potente, ironia cirúrgica ou só retratando memórias queridas, a Laerte traz as questões mais atuais e/ou intrínsecas da sociedade contemporânea de um jeito que só os quadrinhos permitem. A arte que está presente no cotidiano, como as tirinhas de jornais, quadrinhos, músicas - e por que não os memes da internet - são responsáveis por questionar e refutar muitas das certezas que temos. Temos muito orgulho de ter essa mulher incrível na luta contra todos os tipos de absurdos e preconceitos que ainda existem nesse Brasilzão. Enquanto tivermos a Laerte, estaremos muito bem representados. • Arquitetura de Boteco por Helena Tourinho e Vinícius Lopacinski • Recorte de tirinha da Laerte e nossa marca.

    • 18 min
    #51 - Má Educação

    #51 - Má Educação

    Se preparem porque esse episódio vai ser confuso e tenso, mas vai dar certo! Quem já assistiu algum filme do Almodóvar deve ter reparado que ele gosta muito de tratar de assuntos que são considerados como "desvios" para a sociedade. Lacração é a denúncia em forma de entretenimento, como ele (mais ou menos) diz. É um "filme gay" para denunciar a fragilidade, marginalização, violência e desrespeito que corpos LGBTQIA+ sofrem, desde sempre. E claro que a gente ia ter que meter arquitetura no meio, afinal os espaços representados no filme traduzem muito bem os sentimentos e também caracterizam personagens. Filmaço, um clássico noir (vocês entenderão quando ouvirem o episódio), cheio de duplo-plot-twists-carpados! • Arquitetura de Boteco por Helena Tourinho e Vinícius Lopacinski • La casa de trencadís e nossa marca.

    • 1h 12 min

Opiniões de clientes

4,8 de 5
11 avaliações

11 avaliações

Top podcasts em Artes

Ouvintes também assinaram