280 episodes

Os jornalistas e críticos Renato Silveira e Kel Gomes analisam filmes e séries e convidam especialistas para debater lançamentos no cinema e na Netflix, filmes clássicos, sucessos da Sessão da Tarde e filmografias de grandes diretores.

Cinematório Renato Silveira e Kel Gomes

    • Filme e TV
    • 4.9 • 15 Ratings

Os jornalistas e críticos Renato Silveira e Kel Gomes analisam filmes e séries e convidam especialistas para debater lançamentos no cinema e na Netflix, filmes clássicos, sucessos da Sessão da Tarde e filmografias de grandes diretores.

    cinematório café: ”Elvis”, a nova tragédia pop de Baz Luhrmann

    cinematório café: ”Elvis”, a nova tragédia pop de Baz Luhrmann

    Analisamos a cinebiografia de Elvis Presley dirigida de maneira catártica por Baz Luhrmann, com atuação impressionante de Austin Butler.
    - Visite a página do podcast no site e confira material extra sobre o tema do episódio

    - Junte-se ao Cineclube Cinematório e tenha acesso a conteúdo exclusivo de cinema

    Nesta edição, o podcast cinematório café analisa o filme "Elvis" (2002). A cinebiografia do astro Elvis Presley é dirigida de maneira catártica por Baz Luhrmann ("Romeu + Julieta", "Moulin Rouge") e traz o ator Austin Butler em uma performance impressionante.

    "Elvis" narra a trajetória meteórica de Elvis Presley por meio do ponto de vista de seu empresário, o Coronel Tom Parker, vivido por Tom Hanks. Com a montagem frenética e a direção de arte caprichada características do estilo de Baz Luhrmann, o filme mostra o sucesso, mas também (e principalmente) o lado trágico da fama vivenciado por Elvis, restaurando sua dignidade após décadas de especulações em torno do final de sua carreira e da morte precoce quando tinha apenas 42 anos.

    Quem se senta à mesa conosco para discutir "Elvis" é Ana Lúcia Andrade, professora de Cinema da Escola de Belas Artes da UFMG.

    O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia.

    Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast!

    • 1 hr 33 min
    De Volta Para o Sofá: ”O Vingador do Futuro” (1990)

    De Volta Para o Sofá: ”O Vingador do Futuro” (1990)

    Enrole uma toalha molhada na cabeça e aperte o play para revisitar "O Vingador do Futuro" conosco e descobrir se o filme ainda é tão marcante quanto na época em que o vimos pela primeira vez!

    Neste episódio do podcast De Volta Para o Sofá, nós rebobinamos a fita até o ano de 1990 e analisamos "O Vingador do Futuro" (Total Recall), filme de ação e ficção científica estrelado por Arnold Schwarzenegger, dirigido por Paul Verhoeven ("RoboCop", "Instinto Selvagem") e baseado em um conto de Philip K. Dick ("Blade Runner").

    - Visite a página do podcast no site e confira material extra sobre o tema do episódio

    - Junte-se ao Cineclube Cinematório e tenha acesso a conteúdo exclusivo de cinema

    Confira abaixo a minutagem dos quadros do podcast De Volta Para o Sofá sobre "O Vingador do Futuro":

    00:00:00 - Introdução

    00:08:25 - Memória Afetiva: relembramos quando vimos o filme pela primeira vez e discutimos seu impacto ontem e hoje


    00:38:42 - Deu Tilt: os aspectos que ficaram datados e as cenas que não funcionam mais


    00:58:35 - Supra Sumo: nossas cenas favoritas


    01:20:20 - Por Onde Anda: saiba o que os atores principais estão fazendo hoje em dia


    01:49:45 - A continuação que não saiu do papel e o remake de 2012

    01:54:38 - Música de Encerramento

    Também estrelado por Sharon Stone, Rachel Ticotin, Michael Ironside e Ronny Cox, "O Vingador do Futuro" é um dos filmes mais memoráveis dos anos 90. Com roteiro de Ronald Shusett, Dan O'Bannon e Gary Goldman, a produção inaugura a década contando uma história intrigante e visionária, além de apresentar efeitos especiais de alta qualidade.

    Schwarzenegger interpreta Douglas Quaid, um operário que tem sonhos recorrentes de estar em Marte. Vivendo em 2084 e sem condições de pagar por uma viagem ao planeta vermelho, ele decide recorrer à empresa Rekall para implantar em sua mente uma memória fabricada com base em seus sonhos. Porém, o procedimento desperta uma memória real, mas que havia sido "apagada": Quaid na verdade é um agente secreto que vivia disfarçado na Terra.

    No podcast, nós falamos sobre as diferenças entre o filme e o conto "Lembramos para Você a Preço de Atacado", apontamos os aspectos que envelheceram mal e destacamos aqueles que até hoje impressionam, principalmente em relação aos temas pensados por Philip K. Dick e aos efeitos especiais, com criaturas construídas por Rob Bottin (de "RoboCop", "O Enigma de Outro Mundo", entre outros). Nós também contamos para você por onde andam os atores principais do elenco e comentamos o remake de 2012.

    O De Volta Para o Sofá é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes.

    Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br

    • 1 hr 57 min
    Impressão Crítica: ”O Acontecimento”

    Impressão Crítica: ”O Acontecimento”

    Cinema em favor de uma causa urgente.
    - Visite o nosso site e confira podcasts de cinema, críticas de filmes, entrevistas, notícias e muito mais

    - Junte-se ao Cineclube Cinematório e tenha acesso a conteúdo exclusivo de cinema

    - Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br

    Filme vencedor do Leão de Ouro no Festival de Veneza em 2021, "O Acontecimento", da diretora Audrey Diwan, narra a difícil jornada de uma jovem estudante para interromper uma gravidez não desejada.

    O drama francês discute como o tabu em torno do aborto na sociedade e a criminalização do procedimento colocam em risco a saúde e a vida de mulheres que não estão prontas para se tornarem mães.

    Baseado no aclamado livro de Annie Ernaux, o filme utiliza muito bem a linguagem cinematográfica para representar a angústia vivida pela protagonista, interpretada pela atriz franco-romena Anamaria Vartolomei.

    Com câmera na mão e enquadramento fechado, Diwan faz seu posicionamento político ao adotar o realismo social como estilo e flertar com o horror, nos colocando bem próximos da personagem em sua busca.

    Crítica do filme por Renato Silveira e Kel Gomes, editores do Cinematório.

    Conteúdo também disponível em vídeo.

    O ACONTECIMENTO (L'événement, 2021, França)

    Sinopse: França, 1963. Uma sociedade que censura os desejos das mulheres. E o sexo em geral. A história de Anne, uma jovem que decide abortar para terminar seus estudos e escapar das restrições sociais de uma família operária. Esta história simples segue o itinerário de uma mulher que decide ir contra a lei. Anne tem pouco tempo pela frente. Seus exames estão chegando, e sua barriga está crescendo...

    Elenco: Anamaria Vartolomei, Luana Bajrami, Louise Orry-Diquero, Kacey Mottet Klein, Louise Chevillotte, Pio Marmaï, Sandrine Bonnaire

    Direção: Audrey Diwan

    Roteiro: Audrey Diwan, Marcia Romano (baseado no livro de Annie Ernaux)

    Produção: Alice Girard, Edouard Weil

    Direção de fotografia: Laurent Tangy

    Montagem: Géraldine Mangenot

    Trilha sonora: Evgueni Galperine, Sacha Galperine

    Duração: 1 h 40 min

    Distribuição: Zeta Filmes

     

    • 35 min
    Impressão Crítica: ”Agente Oculto”

    Impressão Crítica: ”Agente Oculto”

    Mais do mesmo só que mais caro.
    - Visite o nosso site e confira podcasts de cinema, críticas de filmes, entrevistas, notícias e muito mais

    - Junte-se ao Cineclube Cinematório e tenha acesso a conteúdo exclusivo de cinema

    - Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br

    Em "Agente Oculto", os diretores Anthony e Joe Russo (de "Vingadores: Ultimato") colocam Ryan Gosling e Chris Evans um contra o outro em um filme de ação que conta com um dos maiores orçamentos da Netflix: 200 milhões de dólares.

    Porém, o alto investimento não se traduz em alta qualidade. Apesar do bom elenco e de cenas grandiosas de perseguição, tiroteios e explosões, o filme é pouco criativo, não constrói um bom protagonista e repete clichês do gênero à exaustão.

    Crítica do filme por Renato Silveira e Kel Gomes, editores do Cinematório.

    Conteúdo também disponível em vídeo.

    AGENTE OCULTO (The Gray Man, 2022, EUA)

    Sinopse: Arrancado de uma penitenciária federal, o agente conhecido como Sierra Seis já foi um mercenário altamente qualificado e sancionado pela CIA. Mas agora a situação virou e ele é o alvo, caçado em todo o mundo por Lloyd, um ex-membro da Agência que não vai parar por nada até derrubá-lo.

    Elenco: Ryan Gosling, Chris Evans, Ana de Armas, Jessica Henwick, Wagner Moura, Dhanush, Billy Bob Thornton, Alfre Woodard, Regé-Jean Page, Julia Butters, Eme Ikwuakor e Scott Haze

    Direção: Anthony Russo e Joe Russo

    Roteiro: Joe Russo, Christopher Markus e Stephen McFeely (baseado no livro de Mark Greaney)

    Produção: Joe Roth, Jeffrey Kirschenbaum, Anthony Russo, Joe Russo, Mike Larocca e Chris Castaldi

    Direção de fotografia: Stephen F. Windon

    Montagem: Jeff Groth e Pietro Scalia

    Trilha sonora: Henry Jackman

    Duração: 2 h 2 min

    Distribuição: Netflix

    • 28 min
    cinematório café: Subindo a colina com ”Stranger Things”

    cinematório café: Subindo a colina com ”Stranger Things”

    Analisamos a temporada 4 de "Stranger Things" e como a série intensifica os elementos de terror para retratar o fim da infância dos protagonistas.
    - Visite a página do podcast no site e confira material extra sobre o tema do episódio

    - Junte-se ao Cineclube Cinematório e tenha acesso a conteúdo exclusivo de cinema

    Nesta edição, o podcast cinematório café analisa a temporada 4 de "Stranger Things". A série criada pelos irmãos Duffer e exibida pela Netflix recebeu 13 indicações ao Emmy 2022 (incluindo Melhor Série e Melhor Elenco).

    "Stranger Things 4" tem nove episódios que mais parecem filmes. Será que a longa duração se justifica? Esta é uma das questões que nós discutimos no podcast. E também: Vecna é o melhor vilão que a série já apresentou? O núcleo de Hawkins salvou a temporada? Eleven perdeu também seu poder narrativo? Hopper e Joyce viraram personagens dispensáveis? E o que esperar da 5ª e última temporada?

    Sentam-se à mesa conosco para discutir a temporada 4 de "Stranger Things": Ana Lúcia Andrade, professora de Cinema da Escola de Belas Artes da UFMG, Renné França, professor, crítico de cinema e diretor do filme “Terra e Luz”

    O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia.

    Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast!

    • 1 hr 15 min
    cinematório café: ”Thor: Amor e Trovão” e a comédia do desperdício

    cinematório café: ”Thor: Amor e Trovão” e a comédia do desperdício

    Analisamos "Thor: Amor e Trovão" e o quanto o filme dirigido por Taika Waititi abusa na paródia com o super-herói da Marvel.
    - Visite a página do podcast no site e confira material extra sobre o tema do episódio

    - Junte-se ao Cineclube Cinematório e tenha acesso a conteúdo exclusivo de cinema

    Nesta edição, o podcast cinematório café analisa o filme "Thor: Amor e Trovão" (Thor: Love and Thunder, 2022), que marca o retorno de Natalie Portman ao Universo Marvel, agora no papel da Poderosa Thor. Dirigido por Taika Waititi, o filme também traz de volta Chris Hemsworth como o Deus do Trovão e abusa na paródia com o super-herói.

    Baseado no arco dos quadrinhos escrito por Jason Aaron, "Thor: Amor e Trovão" retoma a trajetória de Thor a partir dos eventos de "Vingadores: Ultimato". O herói é surpreendido pela aparição não só de um novo vilão -- Gorr, o Carniceiro dos Deuses (interpretado por Christian Bale) -- como também de uma nova heroína: sua antiga paixão Jane Foster, que se torna digna de erguer o Mjolnir enquanto luta contra um câncer terminal.

    O filme parte de uma história trágica e muito mais complexa nas HQs para intensificar a abordagem cômica que Waititi já havia proposto em "Thor: Ragnarok". No podcast, nós discutimos os vários problemas das escolhas do diretor e roteirista, como desperdiçar o tema do questionamento da divindade e não aproveitar o potencial da Poderosa Thor e da Valquíria (Tessa Thompson) em ação.

    Também falamos sobre o final da Fase 4 do MCU e o quanto a franquia se ampliou na mesma medida em que parece perdida na busca por uma ligação entre suas várias histórias e personagens desde o fim dos Vingadores.

    Quem se senta à mesa conosco é Renné França, professor, crítico de cinema e diretor do filme “Terra e Luz”.

    O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia.

    Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast!

    • 1 hr 24 min

Customer Reviews

4.9 out of 5
15 Ratings

15 Ratings

Jose G Andrade ,

Muito bom

Feito por quem entende muito de cinema, casal simpático e inteligente e com convidados muito bons,

Ceres Miranda ,

MELHOR PODCAST SOBRE CINEMA!

Feito por gente bacana e especializada que leva a sério a Sétima Arte! Sem dúvida, é o melhor podcast brasileiro sobre cinema!

Top Podcasts In Filme e TV

Cinema com Rapadura
B9
Rolandinho e Bruno Bock
Jovem Pan
Netflix
Gshow

You Might Also Like

Podcast Cinem(ação)
Chico Fireman, Michel Simões, Tiago Faria
B9
Cinema com Rapadura
Podcrastinadores
B9