21 episódios

Podcast desalinhado sobre Urbanismo, Arquitetura e Design. Propomos debates de temas variados sempre relacionados com AU&D, e entrevistas com "jovens" acadêmicos dessas áreas.

Fora de Prumo Fora de Prumo

    • Design
    • 5.0 • 7 avaliações

Podcast desalinhado sobre Urbanismo, Arquitetura e Design. Propomos debates de temas variados sempre relacionados com AU&D, e entrevistas com "jovens" acadêmicos dessas áreas.

    F! Um Convite Pra Vocês

    F! Um Convite Pra Vocês

    Convidamos vocês para assistirem ao seminário "Políticas Habitacionais e Desenvolvimento Urbano", que transmitiremos ao vivo em nosso canal no YouTube! Essa é uma colaboração que fizemos com o pessoal do comitê de voluntários do bairro de Pinheiros para a campanha de Guilherme Boulos e Luiza Erundina à Prefeitura de São Paulo.

    Canal do Fora de Prumo no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCHRhj6jQqXM4gT64gIbq06w

    Parte I – A Função Social das Propriedades: https://youtu.be/YPNyeOZmFms . Quando: sábado, 24 de outubro de 2020, às 17h.

    Parte II – Mutirões e Autogestão: https://youtu.be/vBX6H_jnweI . Quando: domingo, 25 de outubro de 2020, às 17h.

    Aguardamos vocês lá!

    • 1m
    F! #14. Fora Dazartes

    F! #14. Fora Dazartes

    Neste episódio recebemos Caduzão Dazartes (@caduzaodamassa no Twitter) para falar sobre Arte de Rua, sua relação com o mundo da arte institucional, o impacto social que ela tem e as relações com as estruturas de poder – e claro, suas relações com a arquitetura e a cidade.

    MARCAÇÕES
    0min17s – Preâmbulo
    4min15s – Conversa

    LINKS
    Fora de Prumo #4B: Grafite vs. Prefeitop.
    Insider: Why Banksy’s 'Shredded Girl With Balloon' Painting May Now Be Worth £2 Million.
    MultiRio: Grafite x pichação: qual a diferença?
    Quartz: A landmark court case affirms that street art is high art.
    YouTube: Cidade Cinza – Trailer.
    tvi24: Funcionários do metro de Londres apagam desenhos de Banksy por engano.
    DW: Castelo grafitado por brasileiros é alvo de controvérsia na Escócia.
    Amusing Planet: The Mysterious Toynbee Tiles.
    Vimeo: PIXO (Doc).
    Artsy: Como artistas do 5Pointz ganharam um processo de US$6.75mi contra incorporador que destruiu seus trabalhos (em inglês).
    YouTube: Style Wars (Doc).
    Youtube: Olhar Instigado (Doc).
    Nexo: Os Múltiplos Sentidos da Arte de Hélio Oiticica.

    MÚSICAS
    The Message, de Grandmaster Flash
    Tombei, de Karol Conká

    Playlist no Spotify

    NA INTERNET
    foradeprumo.com
    Twitter, Facebook, Instagram

    REDES SOCIAIS
    Arthur, Gabriel, Natália.

    • 59 min
    F! #13. Breath of the Wild

    F! #13. Breath of the Wild

    Em 2017 o jogo The Legend of Zelda: Breath of the Wild recebeu inúmeras premiações, incluindo o título de "Jogo do Ano" no Game Awards, uma espécie de Oscar do mundo dos videogames. Trata-se, de fato, de uma impressionante experiência de entretenimento eletrônico em um ambiente caracterizado pelo que se costuma chamar de "mundo aberto". Ao controlar o personagem principal do título, o jogador percorre paisagens, arquiteturas, cidades, atmosferas e memórias distintas: num mundo que não existe, passamos a reconhecer marcos, referências e lembranças internas à trama do jogo, quase como se tivéssemos mesmo feito uma viagem por um lugar existente em nosso mundo material. O que faz desse jogo uma experiência tão interessante? Com o quê ele se comunica? Como ele ativa nossas próprias referências e memórias? E, finalmente, por que há tantas sementes de Koroks espalhadas por aí?

    MARCAÇÕES
    00min55s - Preâmbulo
    04min12s - Conversa

    LINKS
    A seção mais heroica deste episódio!

    Pouco Pixel: Meu nome não é Zelda
    The Legend of Zelda Wiki
    Nintendo: sobre o universo de The Legend of Zelda
    The Architecture of the Legend of Zelda
    Polygon: Solving the Zelda Timeline in 15 Minutes | Unraveled
    Medium.com/@pizzasheets: O espaço entre espaços: Breath of the Wild e Shadow of the Colossus
    The Making of The Legend of Zelda: Breath of the Wild
    The Legend of Zelda: Breath of the Wild : NES prototype
    Arquitetura em Notas: easter eggs  arquitetônicos em The Legend of Zelda: Breath of the Wild
    Série Grandes paisagens de Pieter Bruegel e van Doetecum
    Andarilho sobre o mar de neblina, pintura de Caspar Friedrich

    MÚSICAS
    Nenhuma das músicas originais está disponível no Spotify, mas você pode conferir algumas boas versões na nossa Playlist no Spotify

    NA INTERNET
    foradeprumo.com
    Twitter, Facebook, Instagram

    REDES SOCIAIS
    Arthur, Carolina, Gabriel, Natália.

    • 57 min
    F! #12. A roda. Reinventada. Por apenas R$6.000.

    F! #12. A roda. Reinventada. Por apenas R$6.000.

    No início de 2020, muitos se espantaram com o preço cobrado pela Apple pelo conjunto de 4 rodízios metálicos destinados a servir de suporte ao seu computador Mac Pro. Em sua loja brasileira, a empresa cobra aproximadamente absurdos SETE MIL REAIS pelas quatro rodinhas. O preço original — 700 dólares — também é desanimador quando levamos em conta o fato dessas quatro rodinhas em aço inoxidável serem mais caras que seu principal produto, o iPhone. Muito já se falou sobre isso: foram vários os canais do YouTube, por exemplo, que se dedicaram a comentar o assunto. Goste-se ou não desse valor exorbitante, contudo, ele colabora decisivamente para manter ativo e ainda mais intenso o falatório em torno da companhia — talvez, aliás seja essa uma das razões por trás desse preço. Neste programa partimos dessa discussão para debater de que forma a Apple mobiliza aspectos formais, de exclusividade, de distinção e de "bom design" para vender produtos de consumo de massa cada vez mais caros.

    MARCAÇÕES
    00min15s - Preâmbulo
    03min40s - Conversa

    LINKS
    - Está com sorte? Brinque de montar ser Mac Pro
    - Documentário de Louis Malle sobre a linha de produção de um automóvel
    - Steve Jobs: Architect, texto de Simon Sadler
    - Vídeo sobre as rodinhas do Linus Tech Tips
    - The $700 Mac Pro Wheels: Explained!, Marques Brownlee
    - Apple Watch de 10 mil dólares prestes a se tornar obsoleto
    - Comentários de Sérgio Ferro sobre o canteiro do Centro Pompidou
    - OMS alerta para possível surto de novo vírus descoberto na China, Record News
    - Brasil tem nove casos suspeitos de coronavírus, Jornal da Record
    - Dória decreta quarentena em São Paulo, Uol
    - Em pronunciamento Bolsonaro diz que coronavírus é gripezinha, TV Cidade Verde

    MÚSICAS
    Personal Shopper, Steven Wilson

    Playlist no Spotify

    NA INTERNET
    foradeprumo.com
    Twitter, Facebook, Instagram

    REDES SOCIAIS
    Arthur, Carolina, Gabriel, Natália, Victor.

    • 43 min
    F! #11. Autoconstrução

    F! #11. Autoconstrução

    A autoconstrução das residências da população de baixa renda é lida há décadas como um dos indícios mais evidentes de como no Brasil a reprodução da força de trabalho é tarefa relegada à própria classe trabalhadora: na ausência de Estado de Bem-Estar Social, não há qualquer necessidade aos olhos das elites de promover estímulos "gratuitos" para a melhoria da qualidade de vida do imenso exército industrial de reserva. Por outro lado, experiências contra-hegemônicas veem em processos de autoconstrução — como em mutirões — potencialidades de transformação.

    MARCAÇÕES
    00h02min10s - Preâmbulo
    00h04min30s - Conversa
    00h57min15s - Em Tese

    LINKS
    Chico de Oliveira, Crítica à razão dualista
    Chico de Oliveira, O vício da virtude: autoconstrução e acumulação capitalista no Brasil
    João Marcos Lopes, O anão caolho
    Paula Constante, Capacetes coloridos
    Bianca Freire-Medeiros e Leo Name, Epistemologia da laje
    Algumas ações de Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social (ATHIS) do CAU/BR e CAUs/UF
    Ermínia Maricato, Nunca fomos tão participativos
    A falta de estrutura no maior minha casa minha vida de São Paulo, Uol
    Cartilha de autogestão em habitação, União Nacional por Moradia Popular
    Arquitetura na Periferia
    Grupo Práxis (UFMG) e livro Saberes (auto)construídos

    MÚSICAS
    Abrigo de Vagabundo, Adoniran Barbosa

    Playlist no Spotify

    NA INTERNET
    foradeprumo.com
    Twitter, Facebook, Instagram

    REDES SOCIAIS
    Arthur, Carolina, Gabriel, Natália.

    • 1h 25 min
    F! #10. Objetos de Desejo

    F! #10. Objetos de Desejo

    Nesse episódio conversamos a respeito da relação entre o desenvolvimento de um produto e as expectativas que se criam sobre estes. Desejo, alegria, frustração… Estamos preparados para lidar com uma indústria pronta para manipular nossas emoções?

    MARCAÇÕES
    00h02min45s - Preâmbulo
    00h05min47s - Conversa
    00h58min25s - Em Tese
    01h35min45s - Microcrônica

    LINKS
    Objetos de Desejo, Adrian Forty. Resenha no Vitruvius.
    Por que método Marie Kondo não faz sentido para a realidade brasileira segundo neurocientista, G1.
    Tools: extending our reach, Cooper Hewitt.
    Light L16: a Câmera com 16 lentes, da Light.

    EM TESE

    Bento Rodrigues: paisagem cultural minerária. Dissertação de mestrado de Anielle Kelly Vilela Freitas.
    http://paspartu.arq.br/, site do escritório da Anielle.

    MÚSICAS
    Coffee Bossa Nova, Cafe Music BGM Channel
    This is America, Childish Gambino

    Playlist no Spotify

    NA INTERNET
    foradeprumo.com
    Twitter, Facebook, Instagram

    REDES SOCIAIS
    Arthur, Carolina, Natália, Victor.

    • 1h 37 min

Opiniões de clientes

5.0 de 5
7 avaliações

7 avaliações

Top podcasts em Design

Ouvintes também assinaram