11 episódios

Passagem só de ida é um podcast da Casa 1 e do Acervo Bajubá, com apoio da Rede MILBI, de compartilhamento de histórias de pessoas LGBT+ brasileiras e estrangeiras que migraram para a cidade de São Paulo, ou passaram por ela, em algum momento de suas vidas. Cada episódio traz o relato de alguém sobre os seus processos de deslocamento físico e subjetivos, priorizando a sua liberdade narrativa e os marcos pessoas por meio dos quais ela conta a sua trajetória e recompõe a sua história. O Passagem só de Ida busca, assim, propor outras perspectivas para recompor as experiências históricas das pessoas LGBT+ brasileiras, para além dos enquadramentos que costumam restringir o seu relato a situações de violência.

Passagem só de ida Casa 1

    • Sociedade e cultura

Passagem só de ida é um podcast da Casa 1 e do Acervo Bajubá, com apoio da Rede MILBI, de compartilhamento de histórias de pessoas LGBT+ brasileiras e estrangeiras que migraram para a cidade de São Paulo, ou passaram por ela, em algum momento de suas vidas. Cada episódio traz o relato de alguém sobre os seus processos de deslocamento físico e subjetivos, priorizando a sua liberdade narrativa e os marcos pessoas por meio dos quais ela conta a sua trajetória e recompõe a sua história. O Passagem só de Ida busca, assim, propor outras perspectivas para recompor as experiências históricas das pessoas LGBT+ brasileiras, para além dos enquadramentos que costumam restringir o seu relato a situações de violência.

    Ep. 10: Os caminhos da luta de Symmy

    Ep. 10: Os caminhos da luta de Symmy

    Neste episódio, nós vamos conhecer a história de Symmy Larrat, travesti amazônida que nasceu em Belém do Pará em 1978, e migrou para São Paulo pela primeira vez em 2014, para coordenar o projeto-piloto do programa social Transcidadania. Neste episódio, ela nos conta sobre suas descobertas e trânsitos entre Belém do Pará e São Paulo, sobre a criança que foi, a adolescente e adulta militante que luta por direitos civis de pessoas trans.

    Material adicional, playlist e outras informações você encontra na página do podcast: passagem.casaum.org

    • 1h 5 min
    Ep. 09: Raphael: a alma, o corpo, o mundo

    Ep. 09: Raphael: a alma, o corpo, o mundo

    Raphael Jacques nasceu em Porto Alegre, mas, logo cedo, mudou-se para Gramado, onde foi criado por uma de suas avós. Na sua infância, a vida no sítio permitiu que ele desenvolvesse seus lados artístico e lúdico. Porém, em uma cidade conversadora, Raphael logo teve que lidar com as cobranças em relação à sua masculinidade e aos seus gostos pessoais, considerados como coisas de veado. Sentindo-se aconselhado pelas músicas que escutava com sua mãe, ainda na adolescência, Raphael mudou-se para Canela em busca de maior liberdade e independência. Iniciou-se então um processo de constantes mudanças que o levaram a Porto Alegre, ao Rio de Janeiro e, finalmente, a São Paulo. Neste processo, Raphael construiu a sua persona drag queen, que o tornaria conhecido e abriria muitas possibilidades pessoais e profissionais: a Alma Negrot. Hoje, Raphael se entende como um corpo no mundo que encontrou em São Paulo um lugar de pertencimento devido às possibilidades de conexões que a cidade oferece.

    Material adicional, playlist e outras informações você encontra na página do podcast: passagem.casaum.org

    • 1h 7 min
    Ep. 08: Todas as línguas de Lufer

    Ep. 08: Todas as línguas de Lufer

    Garota das montanhas nascida em Cajamarca no Peru, desde criança Lufer gostava de dublar suas artistas pop favoritas usando toalhas como vestido e peruca. Em 2017, um convite feito por sua irmã que vivia em São Paulo fez com que uma viagem de quinze dias se tornasse uma mudança de vida. Recém-chegado, Lufer se encantou com a arte, com a liberdade e com a bunda dos brasileiros que ele viu pela cidade. Três anos depois, o relato da sua chegada em São Paulo traz em si muitas nuances do olhar de uma pessoa migrante que, apesar das possibilidades de encontros propiciados pelo metrô, pelos eventos LGBT e pelos aplicativos de pegação, ainda se sente sozinho e com dificuldades de se encontrar.

    Material adicional, playlist e outras informações você encontra na página do podcast: passagem.casaum.org

    • 1h
    Ep. 07: Gretta não tem medo de fantasmas

    Ep. 07: Gretta não tem medo de fantasmas

    Nascida em Santos, na década de 1950, Gretta Sttar é artista, maquiadora e apaixonada por aviões. É um dos grandes nomes da casa de shows Blue Space, tendo também feito história em espaços como a Nostro Mondo, a Homo Sapiens e a Corintho, representantes do auge da arte transformista em São Paulo.

    Com muita delicadeza e simpatia, Gretta Sttar contou uma trajetória fortemente marcada pelas luzes dos tantos palcos em que se apresentou pelo mundo, em especial, aqueles em Santos, com destaque ao Pink Panther; em São Paulo, cidade com quem teve “dois grandes namoros” e em Tokyo, sua “base” durante os anos em que esteve no Oriente, apresentando-se por mais de 20 países.

    Nos bastidores, Gretta nunca cedeu aos desafios e percalços que se apresentam às pessoas LGBT, "os fantasmas" como ela mesmo diz. Sem medo de fantasmas, Gretta assumiu o papel de protagonista nos palcos e na vida, com determinação, desejo e certamente muito glamour.

    Material adicional, playlist e outras informações você encontra na página do podcast: passagem.casaum.org

    • 55 min
    Ep. 06: As muitas vidas de Leo

    Ep. 06: As muitas vidas de Leo

    Quantas vidas cabem na vida de Leo Moreira Sá? Nascido em São Simão, a cidade do meteoro, no interior de São Paulo, em uma família de nove irmãos, a vida de Léo foi marcada por uma busca incessante por sua identidade. Desde que se mudou para a Grande São Paulo, vivendo primeiro em São Bernardo do Campo, ABC Paulista, e depois na Capital, Léo já foi estudante universitário na USP, participou de grupos de militância nos últimos anos da ditadura militar, entrou para a banda de rock Mercenárias como seu baterista e circulou por espaços diferentes da noite paulista entre o final dos anos 1970 e o início dos anos 2000. Como ele mesmo conta, ele teve a sorte de conhecer pessoas maravilhosas e estar em lugares maravilhosos, o que lhe permitiu sobreviver à falta de liberdade dos anos da ditadura e construir o seu próprio entendimento de quem ele era e de qual era o seu universo. Hoje, Léo se identifica como um homem transexual e artivista, que coloca a sua arte a favor da verdade da comunidade transexual e pela conquista de seus direitos.

    Material adicional, playlist e outras informações você encontra na página do podcast: passagem.casaum.org

    • 1h 5 min
    Ep. 05: Anne e a cidade do tamanho de sua alma

    Ep. 05: Anne e a cidade do tamanho de sua alma

    Anne Fonseca nasceu em Belém do Pará. Descendente de portugueses por parte de mãe, e dos povos ameríndios Wayana e Aparai por parte de pai, suas experiências em sua cidade natal configuraram sua personalidade e os desejos que a mobilizam em suas buscas de vida. Foi uma dessas buscas, a busca pelo afeto, que fez com que Anne se mudasse de Belém há onze anos. Em seu itinerário, São Paulo, que era inicialmente um ponto intermediário, tornou-se a sua morada e o lugar onde Anne pôde construir a rede de afetos e respirar a liberdade que ela buscava. Ela nos conta sua história sempre a partir de percepções sensoriais de vários tipos. Seus relatos são coloridos por diferentes sensações. As formas, os sons, os corpos e o movimento pouco a pouco ajudam a compor o caminho de memória que ela faz sobre seu percurso de vida e os lugares por onde passou. Comunicóloga, atualmente Anne cria conteúdo em sua página Chamegamos, um espaço de acolhimento e reflexão sobre Não Monogamia.

    Material adicional, playlist e outras informações você encontra na página do podcast: passagem.casaum.org

    • 48 min

Top podcasts em Sociedade e cultura