3 min

Passarim do Brasil Textos & Trilhas

    • Música

Aos 23 anos um jovem cheio de sonhos e projectos, entra num avião da TAP, partindo de Belo Horizonte no Brasil, rumo a Lisboa em Portugal. Era um jovem que como tantos outros sonhava um futuro para o seu país natal. Mas reconhecia a dificuldade de realizar os seus próprios sonhos num país dilacerado por séculos de autoflagelação. Em sua viagem que idealizava de ida-e-volta, deixava suas raízes com a dor de quem parte para o desconhecido. Quando o avião anuncia a chegada em breves instantes, abrem-se os videos nos ecrãs e do som dos altofalantes, ecoa uma canção que nunca mais deixou de ecoar na memória da história deste jovem. Em meio a uma profusão de imagens que emolduram o cartão postal de um país, o cantor questionava a opção do jovem, como se soubesse o que reservava o futuro. Sua pergunta afinal tinha uma resposta. Sim. É possível ser feliz noutro lugar. Como a paternidade não é uma questão apenas de gametas, mas de amor, assim é a pátria mátria. Paternidade é um  dom de quem educa, dá amor e ajuda a crescer. Aqui é o meu país, a mátria pátria Portugal que me acolheu como um filho. Recebeu-me, amou e fez daquele jovem, o homem que sou hoje.


---

Send in a voice message: https://anchor.fm/textosetrilhas/message

Aos 23 anos um jovem cheio de sonhos e projectos, entra num avião da TAP, partindo de Belo Horizonte no Brasil, rumo a Lisboa em Portugal. Era um jovem que como tantos outros sonhava um futuro para o seu país natal. Mas reconhecia a dificuldade de realizar os seus próprios sonhos num país dilacerado por séculos de autoflagelação. Em sua viagem que idealizava de ida-e-volta, deixava suas raízes com a dor de quem parte para o desconhecido. Quando o avião anuncia a chegada em breves instantes, abrem-se os videos nos ecrãs e do som dos altofalantes, ecoa uma canção que nunca mais deixou de ecoar na memória da história deste jovem. Em meio a uma profusão de imagens que emolduram o cartão postal de um país, o cantor questionava a opção do jovem, como se soubesse o que reservava o futuro. Sua pergunta afinal tinha uma resposta. Sim. É possível ser feliz noutro lugar. Como a paternidade não é uma questão apenas de gametas, mas de amor, assim é a pátria mátria. Paternidade é um  dom de quem educa, dá amor e ajuda a crescer. Aqui é o meu país, a mátria pátria Portugal que me acolheu como um filho. Recebeu-me, amou e fez daquele jovem, o homem que sou hoje.


---

Send in a voice message: https://anchor.fm/textosetrilhas/message

3 min

Top podcasts em Música