81 episódios

Podcast sobre criatividade, comportamento e cultura com Maurício Machado, Fernanda Feil, Cícero Gomes, Lena Feil e Henrique Szklo.

Rádio Cachola Escola Nômade para Mentes Criativas

    • Education
    • 5,0 • 4 avaliações

Podcast sobre criatividade, comportamento e cultura com Maurício Machado, Fernanda Feil, Cícero Gomes, Lena Feil e Henrique Szklo.

    (#75) Se você gosta de ler, vai gostar de assistir

    (#75) Se você gosta de ler, vai gostar de assistir

    https://youtu.be/2h8Bp-gkCAc

















    Há mais ou menos 3000 anos, os Sumérios criaram o primeiro alfabeto, chamado de cuneiforme, e desde então o mundo mudou. Criado inicialmente para fins contábeis, facilitando o registro de bens, cálculos e transações comerciais, teve um importante efeito colateral: o conhecimento e a cultura que até então eram transmitidos oralmente em volta de fogueiras, passaram a ser registrados em tabuletas de barro e a partir daí, as histórias puderam ocupar ainda mais espaço em nosso imaginário, podendo ser compartilhadas por mais pessoas e por muito mais tempo.







    A leitura amplia nossa percepção do mundo, diminui nossos preconceitos e nos arremessa para fora do nosso dia-a-dia, muitas vezes penoso e desgastante. Viajamos sem sair do lugar. Nossa imaginação é estimulada e mais neurônios são acionados. Já está provado cientificamente que histórias podem alterar nossa estrutura mental e promover um maior desenvolvimento de nossas capacidades cognitivas.







    Apesar de todas estas virtudes, a leitura não é unanimidade entre os seres humanos. Muitos de nós passamos uma vida inteira tendo lido apenas alguns poucos livros. Qual a razão disso? Falta de estímulo? Falta de curiosidade? Falta de experiências bem-sucedidas? Esse é o tema de hoje do Rádio Cachola.









    Em breve, uma degustação deste episódio

























    Pra você, pessoas que não gostam de ler, em geral...a) Não gostam porque não são curiosas o suficienteb) Não gostam porque tiveram pouco estímulo na infânciac) Não têm tempod) Acreditam que uma imagem vale mais que 1000 palavrase) Não respondem a enquetes porque são feitas por escritoVoteVer resultados















    RÁDIO CACHOLA – SÓ O QUE INTERESSA Rádio Cachola é o podcast/videocast da Escola Nômade para Mentes Criativas sobre criatividade, comportamento e cultura. Com Fernanda Feil é uma economista heterodoxa, Cícero Gomes Jr é educador e nerd, Maurício Machado é um empresário da comunicação e Henrique Szklo é um pensador da criatividade e apresentador do podcast. Sem contar a Lena Feil, psicóloga e designer industrial, responsável pela direção e produção.







    Trilhas da abertura:Arabik by HiroshimaAnchors Aweigh - Band Only (alternate) - The U.S. Marine Corps Band







    Imagens da abertura:Cottombro: Vai lá!







    Trilha das vinhetas:Exotica by Juanitos Vai lá!

    • 1h 13 min
    (#74) Quem assistir a este Rádio Cachola vai ganhar um lindo prêmio

    (#74) Quem assistir a este Rádio Cachola vai ganhar um lindo prêmio

    https://youtu.be/9r-A7eoGDJ4

















    Os ditados e as frases feitas têm como característica o fato de serem metáforas que, por representarem uma crença sólida da sociedade, são bem sucedidas e longevas. Mas existem exceções: a expressão “a mentira tem perna curta” não caiu na boca do povo por se enquadrar na categoria “verdades incontestáveis”. Ao contrário, é uma tremenda forçação de barra. É muito parecida em propósito com “Deus castiga”, ou seja, é mais uma ameaça que uma constatação de fatos concretos e comprováveis cientificamente.







    A despeito de serem sustentadas na maioria das vezes por uma boa intenção, as duas podem ser consideradas mentiras infames. Tentam evitar que aqueles com caráter suscetível aos pecados em geral iniciem sua jornada pela cascata e desestimular aqueles que já fazem da inverdade o seu modo de vida. Porque se pensarmos com atenção, a mentira não só tem pernas longuíssimas como possui uma resistência à corrida digna de maratonistas etíopes. Hoje o Rádio Cachola revelar toda a verdade sobre dos campeões olímpicos da mentira: os mentirosos patológicos. Juro pelo que há de mais sagrado.









    Em breve, uma degustação deste episódio

























    Pra você, pessoas que mentem compulsivamente, em geral...a) Têm problemas de autoestimab) Têm caráter duvidosoc) Só estão se protegendod) São mais espertos que os outrose) Assistem Rádio Cachola demaisSó clique se você jurar que é mesmo a sua opiniãoVer resultados















    RÁDIO CACHOLA – SÓ O QUE INTERESSA Rádio Cachola é o podcast/videocast da Escola Nômade para Mentes Criativas sobre criatividade, comportamento e cultura. Com Fernanda Feil é uma economista heterodoxa, Cícero Gomes Jr é educador e nerd, Maurício Machado é um empresário da comunicação e Henrique Szklo é um pensador da criatividade e apresentador do podcast. Sem contar a Lena Feil, psicóloga e designer industrial, responsável pela direção e produção.







    Trilhas da abertura:Arabik by HiroshimaAnchors Aweigh - Band Only (alternate) - The U.S. Marine Corps Band







    Imagens da abertura:Cottombro: Vai lá!







    Trilha das vinhetas:Exotica by Juanitos Vai lá!

    • 1h 10 min
    Mais uma amizade desfeita por causa de uma ironia, no Rádio Cachola #73

    Mais uma amizade desfeita por causa de uma ironia, no Rádio Cachola #73

    https://youtu.be/V4zHSyX1Xo0

















    A maioria das pessoas não entende ou não capta ironia. Bom pra elas. São mais felizes assim. Não perdem tempo com bobagens. Têm uma postura mais positiva da vida. São mais práticas e objetivas. Ou seja, são mais inteligentes.







    A pessoa que não faz ginástica mental para compreender afirmações irônicas, na verdade está economizando energia cerebral para utilizá-la em coisas mais relevantes do que a metafísica quântica. As questões da vida real são muito mais importantes. Esse papo de tentar captar sutilezas e segundas intenções em tudo é coisa de quem não tem mais nada o que fazer. Não deve ter boleto para pagar no fim do mês.







    E tem mais: o irônico é, antes de tudo, um covarde. Ao invés de dizer as coisas na lata, olhos nos olhos, expressar objetivamente o que está pensando, prefere o uso de artimanhas e escaramuças. Não tem coragem de emitir uma opinião clara e objetiva com medo das consequências. Por que dizer uma coisa se você quer dizer o contrário? Diga logo o que você quer! E por que criticar? Por que fazer graça de tudo? Eu não entendo.









    Assista este episódio na íntegra

























    Pra você, pessoas que não entendem ironia, em geral...a) São limitadasb) São ingênuasc) Não têm senso de humord) Não estão perdendo nadae) Essa pergunta é séria ou só uma ironia?Não precisa clicar. É só usar a força da imaginaçãoVer resultados















    RÁDIO CACHOLA – SÓ O QUE INTERESSA Rádio Cachola é o podcast/videocast da Escola Nômade para Mentes Criativas sobre criatividade, comportamento e cultura. Com Fernanda Feil é uma economista heterodoxa, Cícero Gomes Jr é educador e nerd, Maurício Machado é um empresário da comunicação e Henrique Szklo é um pensador da criatividade e apresentador do podcast. Sem contar a Lena Feil, psicóloga e designer industrial, responsável pela direção e produção.







    Trilhas da abertura:Arabik by HiroshimaAnchors Aweigh - Band Only (alternate) - The U.S. Marine Corps Band







    Imagens da abertura:Cottombro: Vai lá!







    Trilha das vinhetas:Exotica by Juanitos Vai lá!

    • 1h 8 min
    (#73) Essa mania insuportável de questionar tudo é coisa de gente frustrada

    (#73) Essa mania insuportável de questionar tudo é coisa de gente frustrada

    https://youtu.be/iwyr81W3o2U

















    A maioria das pessoas não entende ou não capta ironia. Bom pra elas. São mais felizes assim. Não perdem tempo com bobagens. Têm uma postura mais positiva da vida. São mais práticas e objetivas. Ou seja, são mais inteligentes.







    A pessoa que não faz ginástica mental para compreender afirmações irônicas, na verdade está economizando energia cerebral para utilizá-la em coisas mais relevantes do que a metafísica quântica. As questões da vida real são muito mais importantes. Esse papo de tentar captar sutilezas e segundas intenções em tudo é coisa de quem não tem mais nada o que fazer. Não deve ter boleto para pagar no fim do mês.







    E tem mais: o irônico é, antes de tudo, um covarde. Ao invés de dizer as coisas na lata, olhos nos olhos, expressar objetivamente o que está pensando, prefere o uso de artimanhas e escaramuças. Não tem coragem de emitir uma opinião clara e objetiva com medo das consequências. Por que dizer uma coisa se você quer dizer o contrário? Diga logo o que você quer! E por que criticar? Por que fazer graça de tudo? Eu não entendo.









    Assista uma degustação de 8 minutos deste episódio

























    Pra você, pessoas que não entendem ironia, em geral...a) São limitadasb) São ingênuasc) Não têm senso de humord) Não estão perdendo nadae) Essa pergunta é séria ou só uma ironia?Não precisa clicar. É só usar a força da imaginaçãoVer resultados















    RÁDIO CACHOLA – SÓ O QUE INTERESSA Rádio Cachola é o podcast/videocast da Escola Nômade para Mentes Criativas sobre criatividade, comportamento e cultura. Com Fernanda Feil é uma economista heterodoxa, Cícero Gomes Jr é educador e nerd, Maurício Machado é um empresário da comunicação e Henrique Szklo é um pensador da criatividade e apresentador do podcast. Sem contar a Lena Feil, psicóloga e designer industrial, responsável pela direção e produção.







    Trilhas da abertura:Arabik by HiroshimaAnchors Aweigh - Band Only (alternate) - The U.S. Marine Corps Band







    Imagens da abertura:Cottombro: Vai lá!







    Trilha das vinhetas:Exotica by Juanitos Vai lá!

    • 1h 8 min
    Tem gente que se vende por tão pouco, no Rádio Cachola #72

    Tem gente que se vende por tão pouco, no Rádio Cachola #72

    https://youtu.be/4cuyJTa1dKU

















    Quem não gosta de um elogio de vez em quando? Ou de vez em sempre? Tem gente até que nem liga se o elogio for um óbvio exagero ou até mesmo indisfarçavelmente falso e interesseiro. O que importa é que a pessoa reconheça e louve a nossa majestade. Talvez por isso a bajulação seja um dos mais desejados, e por isso decorrentes, comportamentos do ser humano.







    A bajulação se diferencia da gentileza natural de um elogio sincero por lhe faltar a sutileza necessária para passar quase desapercebido, apenas como uma brisa agradável que acaricia nosso rosto. Já a bajulação é um tornado daqueles que arremessar vacas no para-brisa dos carros. É exagerada, marketeira, fanfarrona. É como pegar uma flor em enfiar goela abaixo de quem queremos elogiar.







    Não desafiar um chefe, muitas vezes não é suficiente para você manter seu emprego. É preciso se esforçar mais. É nestes momentos que a bajulação assume ares de currículo. Aliás, os especialistas dizem que a habilidade mais desejada pelas empresas no futuro é a criatividade, o que é claramente um equívoco. A capacidade de se pendurar no saco ainda é se sempre será o talento mais valorizado do mundo corporativo.









    Assista este episódio na íntegra

























    Pra você, pessoas que gostam de ser bajuladas, em geral...a) São insegurasb) São bajuladoras em potencialc) Provavelmente merecem os elogiosd) São normaise) Só vocês mesmo para fazer uma enquete tão genialClique, sua maravilha!Ver resultados















    RÁDIO CACHOLA – SÓ O QUE INTERESSA Rádio Cachola é o podcast/videocast da Escola Nômade para Mentes Criativas sobre criatividade, comportamento e cultura. Com Fernanda Feil é uma economista heterodoxa, Cícero Gomes Jr é educador e nerd, Maurício Machado é um empresário da comunicação e Henrique Szklo é um pensador da criatividade e apresentador do podcast. Sem contar a Lena Feil, psicóloga e designer industrial, responsável pela direção e produção.







    Trilhas da abertura:Arabik by HiroshimaAnchors Aweigh - Band Only (alternate) - The U.S. Marine Corps Band







    Imagens da abertura:Cottombro: Vai lá!







    Trilha das vinhetas:Exotica by Juanitos Vai lá!







    Inscreva-se no curso online COMO VENDER IDEIAS, com Henrique Szklo Vai lá







    Entre para nosso grupo no Telegram, o TRANSFORMERS. Lá você tem um contato direto com a gente. Fica por dentro de todo o nosso conteúdo além de promoções especiais. Vai lá!







    Conheça o AULAÇO DE CRIATIVIDADE com Henrique Szklo Vai lá!







    Compre o livro VOCÊ É CRIATIVO, SIM SENHOR!, de Henrique Szklo: V...

    • 1h 21 min
    (#72) Qual é a sensação de ser essa pessoa maravilhosa que você é?

    (#72) Qual é a sensação de ser essa pessoa maravilhosa que você é?

    https://youtu.be/RdpMipTtz8I

















    Quem não gosta de um elogio de vez em quando? Ou de vez em sempre? Tem gente até que nem liga se o elogio for um óbvio exagero ou até mesmo indisfarçavelmente falso e interesseiro. O que importa é que a pessoa reconheça e louve a nossa majestade. Talvez por isso a bajulação seja um dos mais desejados, e por isso decorrentes, comportamentos do ser humano.







    A bajulação se diferencia da gentileza natural de um elogio sincero por lhe faltar a sutileza necessária para passar quase desapercebido, apenas como uma brisa agradável que acaricia nosso rosto. Já a bajulação é um tornado daqueles que arremessar vacas no para-brisa dos carros. É exagerada, marketeira, fanfarrona. É como pegar uma flor em enfiar goela abaixo de quem queremos elogiar.







    Não desafiar um chefe, muitas vezes não é suficiente para você manter seu emprego. É preciso se esforçar mais. É nestes momentos que a bajulação assume ares de currículo. Aliás, os especialistas dizem que a habilidade mais desejada pelas empresas no futuro é a criatividade, o que é claramente um equívoco. A capacidade de se pendurar no saco ainda é se sempre será o talento mais valorizado do mundo corporativo.









    Assista uma degustação de 8 minutos deste episódio

























    Pra você, pessoas que gostam de ser bajuladas, em geral...a) São insegurasb) São bajuladoras em potencialc) Provavelmente merecem os elogiosd) São normaise) Só vocês mesmo para fazer uma enquete tão genialClique, sua maravilha!Ver resultados















    RÁDIO CACHOLA – SÓ O QUE INTERESSA Rádio Cachola é o podcast/videocast da Escola Nômade para Mentes Criativas sobre criatividade, comportamento e cultura. Com Fernanda Feil é uma economista heterodoxa, Cícero Gomes Jr é educador e nerd, Maurício Machado é um empresário da comunicação e Henrique Szklo é um pensador da criatividade e apresentador do podcast. Sem contar a Lena Feil, psicóloga e designer industrial, responsável pela direção e produção.







    Trilhas da abertura:Arabik by HiroshimaAnchors Aweigh - Band Only (alternate) - The U.S. Marine Corps Band







    Imagens da abertura:Cottombro: Vai lá!







    Trilha das vinhetas:Exotica by Juanitos Vai lá!







    Inscreva-se no curso online COMO VENDER IDEIAS, com Henrique Szklo Vai lá







    Entre para nosso grupo no Telegram, o TRANSFORMERS. Lá você tem um contato direto com a gente. Fica por dentro de todo o nosso conteúdo além de promoções especiais. Vai lá!







    Conheça o AULAÇO DE CRIATIVIDADE com Henrique Szklo Vai lá!







    Compre o livro VOCÊ É CRIATIVO, SIM SENHOR!, de Henrique Szklo: a href="https://escolanomadeparamentescriativas.com/livro-voce-e-criativo-sim-senhor-de-henrique-szklo/" target="_blank" rel="noreferrer...

    • 1h 21 min

Opiniões de clientes

5,0 de 5
4 avaliações

4 avaliações

Silvano Spiess ,

Conteúdo necessário!!

Imprescindível refletir sobre a criatividade, conteúdo excelente para todas as idades.

Top podcasts em Education

Ouvintes também assinaram