2 h 8 min

Regras Do Jogo #89 – A Filosofia De Nier: Automat‪a‬ Regras do Jogo - Holodeck

    • Videogames

Desenvolvido pela PlatinumGames, mas com seu universo criado pelo game designer Yoko Taro, NieR: Automata virou rapidamente um videogame clássico ao se propor como um jogo que subverte diversas estruturas do game design e apresentar uma narrativa conectada às próprias regras do jogo. Mais do que isso, seus temas filosóficos viraram um farol para as comunidades de jogadores e os canais de YouTube correram para fazer vídeos que se propõem a explicar o jogo. Escapando essa tendência de encerrar um assunto com uma explicação definitiva, no episódio dessa semana conversamos sobre a filosofia de NieR: Automata e apresentamos algumas interpretações para sua narrativa.







Para conversar sobre a filosofia de NieR: Automata, recebemos Gabriel Bichir, que é Doutorando em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH) com a tese História e Natureza em Hegel e escreveu uma trilogia de textos no site Lavra Palavra chamada Trilogia do Inumano, que inspirou esse episódio e que aborda os jogos NieR: Automata, Life is Strange e Inside.







Leia o texto que inspirou esse episódio: Trilogia do Inumano: Nier: Automata – O núcleo utópico da distopia















Siga o Holodeck no Twitter, Facebook, Instagram, Twitch, YouTube e entre em nosso grupo de Discord do Regras do Jogo.







Escute nosso episódio anterior Regras do Jogo #88 – Videogame e Indústria Cultural







Participantes







* Fernando Henrique* Gamer Antifascista* Gabriel Bichir







Indicações do Episódio







* Livro O Mito de Sísifo – Albert Camus* Livro Temor e Tremor – Søren Kierkegaard* Livro Cartas sobre a educação estética da humanidade – Friedrich Schiller* Livro Aesthetic Theory and the Video Game – Graeme Kirkpatrick* Jogo Inside* Jogo Life is Strange







Músicas:







* Persona 5 – Beneath The Mask lofi chill remix* Nier Automata – Weight of the World (all languages)

Desenvolvido pela PlatinumGames, mas com seu universo criado pelo game designer Yoko Taro, NieR: Automata virou rapidamente um videogame clássico ao se propor como um jogo que subverte diversas estruturas do game design e apresentar uma narrativa conectada às próprias regras do jogo. Mais do que isso, seus temas filosóficos viraram um farol para as comunidades de jogadores e os canais de YouTube correram para fazer vídeos que se propõem a explicar o jogo. Escapando essa tendência de encerrar um assunto com uma explicação definitiva, no episódio dessa semana conversamos sobre a filosofia de NieR: Automata e apresentamos algumas interpretações para sua narrativa.







Para conversar sobre a filosofia de NieR: Automata, recebemos Gabriel Bichir, que é Doutorando em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH) com a tese História e Natureza em Hegel e escreveu uma trilogia de textos no site Lavra Palavra chamada Trilogia do Inumano, que inspirou esse episódio e que aborda os jogos NieR: Automata, Life is Strange e Inside.







Leia o texto que inspirou esse episódio: Trilogia do Inumano: Nier: Automata – O núcleo utópico da distopia















Siga o Holodeck no Twitter, Facebook, Instagram, Twitch, YouTube e entre em nosso grupo de Discord do Regras do Jogo.







Escute nosso episódio anterior Regras do Jogo #88 – Videogame e Indústria Cultural







Participantes







* Fernando Henrique* Gamer Antifascista* Gabriel Bichir







Indicações do Episódio







* Livro O Mito de Sísifo – Albert Camus* Livro Temor e Tremor – Søren Kierkegaard* Livro Cartas sobre a educação estética da humanidade – Friedrich Schiller* Livro Aesthetic Theory and the Video Game – Graeme Kirkpatrick* Jogo Inside* Jogo Life is Strange







Músicas:







* Persona 5 – Beneath The Mask lofi chill remix* Nier Automata – Weight of the World (all languages)

2 h 8 min

Top podcasts em Videogames