89 episodes

Toda semana Fabio Porchat, Emicida, Chico Bosco e João Vicente debatem os assuntos da atualidade. São quatro pontos de vista por vezes conflitantes, ora solidários, mas sempre divertidos.

Papo de Segunda GNT

    • Society & Culture
    • 4.0 • 1 Rating

Toda semana Fabio Porchat, Emicida, Chico Bosco e João Vicente debatem os assuntos da atualidade. São quatro pontos de vista por vezes conflitantes, ora solidários, mas sempre divertidos.

    Memória e autoengano

    Memória e autoengano

    Como somos afetados por nossas lembranças falsas? Nós modificamos memória para parecer que momentos foram melhores do que quando os vivemos? “Não importa que tenhamos memórias falsas, o importante é que elas se encaixem com a ideia que temos sobre nós”, diz Martin Conway, professor de psicologia cognitiva da City University of London e que há 40 anos estuda a memória.

    • 11 min
    Sexo é química?

    Sexo é química?

    Quem teve poucos parceiros transa mal? Existe talento pro sexo ou basta estudar que se vai ao longe? E o fator místico chamado “química”, gente que transa mal com você e ótimo com outro? E dá pra aprender ao longo dos anos com quem vai ser melhor, se vai ou não ter a tal química?

    • 15 min
    O que é ser chato?

    O que é ser chato?

    Que habilidades, características ou práticas o sujeito precisa ter para ganhar o título de chato? Aproveitando a pensata de Chico Bosco, no seu quadro de verão, sobre a constituição da chatice e suas muitas formas de manifestação, o elenco debate sobre os chatos universais, os chatos específicos para cada pessoa, os chatos que toleramos.

    • 14 min
    Então é Natal, e o que você fez? - com Simone

    Então é Natal, e o que você fez? - com Simone

    Se essa pergunta já causa arrepios todo fim de ano, neste então… um ano em que aconteceu tudo e nada ao mesmo tempo. Com a voz que personifica esta pergunta, a cantora Simone, vamos debater a carga extra de ansiedade de 2020. Segundo a OMS, o Brasil é o país que mais sofre de ansiedade no mundo; e para o filósofo Luiz Felipe Pondé, que acaba de lançar um livro sobre o assunto, a melhor forma de enfrentar a ansiedade é aceitar que ela jamais vai acabar, e que atinge a todos nós. “Se somos todos ansiosos, temos razão para sermos. Não se trata de um bando de idiotas ansiosos porque são bobos. Trata-se, antes de tudo, de um bando de ansiosos porque são informados”. Como conviver com a ansiedade, conhecer e minimizar seus efeitos?

    • 29 min
    Privacidade - com Nelson Motta

    Privacidade - com Nelson Motta

    O livro Privacy is Power, publicado agora pela filósofa Carissa Véliz, mostra como a exposição contemporânea nos deixa vulneráveis. “Sem privacidade não há garantia de igualdade, nem justiça, nem liberdade, nem democracia.”, diz ela, que cita o nazismo: na França, onde o censo não coletou informações sobre religião, mataram apenas 25% dos judeus; na Holanda, que tinha esse registro, assassinaram 75%. Numa lente mais

    cotidiana, ela mostra que uma empresa poderá comparar dados de dois candidatos e descobrir que um deles professa uma religião ou apoia um partido, ou tem problema de saúde, e aí contratar o candidato que tem a religião "certa", apoia o partido “certo” e é mais saudável. É ilegal, mas quem vai ficar sabendo? É o oposto do currículo cego, que vem sendo defendido para diminuir desigualdades nas contratações. O Papo debater o valor da nossa privacidade e como nós mesmos lidamos com as informações alheias a que temos acesso. Que triagens fazemos com base no que os outros compartilham? Googlar o nome do médico, do professor do filho, ou da pessoa que você acabou de conhecer no bar, é critério justo de avaliação?

    • 28 min
    A gente precisa sonhar sempre - com Fabio Assunção

    A gente precisa sonhar sempre - com Fabio Assunção

    Fabio Assunção tomou boas porradas da vida, em público e com claque. Assumiu todas elas sem se fazer de semideus e foi à forra: cuidou-se fisicamente, fez ótimos trabalhos, foi eleito personalidade do ano pela revista GQ, casou-se novamente e agora vai ser pai, reconstruiu a sua vida ou assumiu o controle dela, como declarou. Com ele, a gente debate este recomeço e a importância da esperança nesse processo todo. “A gente precisa sonhar sempre!”, ele respondeu recentemente a uma fã recentemente, mas como é manter a esperança de transformação quando só esperam pelas suas quedas? Quando a esperança deixa de ser virtude e vira maldição? Como não confundir esperançar com esperar? E, nessa reta final de um ano tão exigente, como mediar a esperança e o desencanto?

    • 32 min

Customer Reviews

4.0 out of 5
1 Rating

1 Rating

Top Podcasts In Society & Culture

Listeners Also Subscribed To

More by GNT