143 episodes

Aqui ninguém perde tempo, é direto ao ponto. O podcast do GLOBO, publicado de segunda a sexta-feira às 6h, aborda os principais temas do Brasil e do mundo, para que você compreenda tanto os desafios da economia e os trâmites da política, quanto as inovações tecnológicas e a efervescência cultural. É muito?
Os jornalistas Carolina Morand e Roberto Maltchik, apresentadores do AO PONTO, encaram o desafio. A cada episódio eles recebem convidados para uma conversa sobre os acontecimentos mais relevantes do dia.

Ao Ponto (podcast do jornal O Globo) O Globo

    • Daily News

Aqui ninguém perde tempo, é direto ao ponto. O podcast do GLOBO, publicado de segunda a sexta-feira às 6h, aborda os principais temas do Brasil e do mundo, para que você compreenda tanto os desafios da economia e os trâmites da política, quanto as inovações tecnológicas e a efervescência cultural. É muito?
Os jornalistas Carolina Morand e Roberto Maltchik, apresentadores do AO PONTO, encaram o desafio. A cada episódio eles recebem convidados para uma conversa sobre os acontecimentos mais relevantes do dia.

    A disputa entre os militares e os 'olavistas' no governo Bolsonaro

    A disputa entre os militares e os 'olavistas' no governo Bolsonaro

    Na era Bolsonaro, existe o convívio inevitável entre dois grupos dentro do Palácio do Planalto. A chamada ala militar divide espaço com a ideológica, em um convívio nem sempre harmonioso. Depois do dia 13 de junho de 2019, quando o general Santos Cruz foi demitido da Secretaria de Governo, os olavistas ganharam força, especialmente na Comunicação. Mas, aos poucos, os militares foram reaparecendo no círculo mais próximo do poder. Primeiro, o general Luiz Eduardo Ramos assumiu a coordenação política. Depois, na quinta-feira da semana passada, o general de Exército Braga Netto assumiu a chefia da Casa Civil na vaga de Onyx Lorenzoni, deslocado para o Ministério da Cidadania. No AO PONTO desta segunda-feira, a jornalista Thais Oyama, autora do livro "Tormenta", que conta os bastidores do primeiro ano de governo, analisa o que significa a chegada de Braga Netto ao Palácio do Planalto e conta como Bolsonaro gerencia essa relação complicada no centro do poder.

    • 21 min
    Míriam Leitão: 'ministro da Economia não fala sobre câmbio'

    Míriam Leitão: 'ministro da Economia não fala sobre câmbio'

    Nos últimos dias, o coronavírus e seus reflexos pressionaram o câmbio. Fatores internos, como a recuperação mais hesitante da economia aqui no Brasil, com números abaixo da expetativa na indústria e no comércio, impulsionaram ainda mais o dólar, que atingiu, na quarta-feira, o que era marca histórica de R$ 4,35. Isso antes do ministro da Economia, Paulo Guedes, falar sobre o assunto e provocar polêmica durante um evento em Brasília. Na quinta-feira, o mercado abriu agitado a reboque da repercussão da fala de Guedes. O dólar atingir R$ 4,38 e obrigou o Banco Central a intervir. Até o presidente Jair Bolsonaro se esquivou de opinar sobre as declarações do homem forte da economia. No Ao Ponto desta sexta-feira, a colunista Míriam Leitão analisa o peso da palavra do ministro da Economia, quando fala sobre a taxa de câmbio ou outros temas sensíveis ao setor. Ela também explica para quem o dólar alto é bom e para quem é ruim.

    • 21 min
    Os bastidores da visita de ex-assessores ao gabinete de Carlos Bolsonaro

    Os bastidores da visita de ex-assessores ao gabinete de Carlos Bolsonaro

    No dia 30 de outubro de 2019, cinco ex-assessores do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) foram ao gabinete do parlamentar no Palácio Pedro Ernesto, sede do Legislativo municipal. Eles já não apareciam por lá há muito tempo. Em comum, todos são investigados no procedimento aberto pelo Ministério Público do Rio para apurar a chamada prática da "rachadinha", a devolução de parte dos salários para o próprio parlamentar. Outra coincidência: no mesmo período das visitas, esses mesmos ex-assessores prestaram depoimento na investigação do MP. Essa conexão entre as visitas e os depoimentos só foi possível com um complicado trabalho de reportagem. No Ao Ponto desta quinta-feira, os repórter Juliana Dal Piva e João Paulo Saconi contam os bastidores da apuração, que também contou com o participação do repórter especial Chico Otavio.

    • 21 min
    Por que o número de grandes enchentes é cada vez maior?

    Por que o número de grandes enchentes é cada vez maior?

    No verão, seja em São Paulo, em Minas Gerais, no Espírito Santo ou no Rio de Janeiro, as chuvas fazem parte da rotina. Mas as tempestades, com intensidade acima do normal, passaram a se repetir com uma frequência incomum. As dezenas de mortes, os feridos e os prejuízos materiais, contados aos milhões de reais, são cada vez mais constantes. Mudaram a concentração de fenômenos extremos, em um período tão curto de tempo, e a forma como as construções avançam em nossas grandes cidades. No Ao Ponto desta quarta-feira, a repórter Ana Lúcia Azevedo e o coordenador-geral do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, Marcelo Seluchi, explicam como natureza e a ação do homem se unem para alimentar os desastres provocados pelas grandes chuvas.

    • 22 min
    Capitão Adriano: como PM homenageado por Flávio Bolsonaro tornou-se procurado pela Interpol

    Capitão Adriano: como PM homenageado por Flávio Bolsonaro tornou-se procurado pela Interpol

    Morto numa operação policial na Bahia, no fim de semana, o ex-policial militar Adriano da Nóbrega chefiava tanto a milícia que atua nas comunidades de Rio das Pedras e Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro, quanto o grupo conhecido como Escritório do Crime, responsável por assassinatos por encomenda. O nome dele surgiu nas investigações das mortes da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, mas sua ligação com o crime organizado remete ao início dos anos 2000.
    Ao longo de quase duas décadas na PM, capitão Adriano foi acusado de assassinatos, tortura e extorsão, entre outros crimes. Em 2003, recebeu uma moção de honra da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e, em 2005, a Medalha Tiradentes, em ambas as ocasiões por iniciativa do então deputado estadual Flávio Bolsonaro. Em 2014, Adriano foi expulso da corporação por ligação com o jogo do bicho. Os repórteres Chico Otavio e Vera Araújo relembram a trajetória do miliciano e falam dos impactos da morte dele em investigações envolvendo a milícia.

    • 21 min
    O controverso plano de Bolsonaro para as terras indígenas

    O controverso plano de Bolsonaro para as terras indígenas

    Nos últimos dias, o governo do presidente Jair Bolsonaro anunciou uma série de iniciativas que afetam diretamente a vida dos mais de 300 povos indígenas do Brasil. A mais importante é o projeto de lei que regulamenta a exploração mineral e de energia hidrelétrica dentro das reservas, com impacto sobre a preservação de rios e da Floresta Amazônica, que tem um cinturão de proteção nas áreas demarcadas. Em outro ato administrativo, o governo indicou o antropólogo Ricardo Lopes Dias como novo coordenador geral de Índios isolados. Ricardo é conhecido pela atuação como missionário para evangelizar indígenas, embora tenha dito ao GLOBO que não vai "evangelizar índio" e terá atuação técnica. Segundo o presidente, as ações fazem parte de um processo para que o índio seja, cada vez mais, um "ser humano igual a nós". No Ao Ponto desta segunda-feira, o líder indígena Paulo Tupiniquim, coordenador-executivo da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), e o repórter Leandro Prazeres, que cobre assuntos relacionados aos povos indígenas há 15 anos, explicam os detalhes dessas medidas e contam como os índios acompanham as ações do Planalto.

    • 22 min

Top Podcasts In Daily News

Listeners Also Subscribed To