Jord�nia com Francisco Agostinho R�dio Comercial - Ai Destino, Ai Destino

    • Society & Culture

Francisco Agostinho (Projecto100Rota) era funcionário público, mas deixou o trabalho para ser líder de viagens. Agora trabalha, sim, mas ao ar livre e sempre em registo de aventura. Já foi à Jordânia umas sete ou oito vezes só nos últimos 2 anos e explica porque é que a Jordânia é um país incrível. Que outras oportunidades terá para fingir que está num filme do Indiana Jones enquanto visita Petra? Ou imitar o Lawrence das Arábias no deserto de Wadi Rum.


 


7 Maravilhas da Jordânia:


1. Ok, já sabemos que Petra é magnífico, que é Património da Humanidade, que é uma das novas Maravilhas do Mundo, e que a Fachada do Tesouro supera as expectativas, mas a Jordânia tem muito mais além disso.


2. Para começar, os muçulmanos são muito hospitaleiros e as ligações que se criam são muito fáceis, respeitando sempre o espaço do outro.


3. O país está no meio de Israel, Palestina, Irão, Iraque, Síria… vizinhos um pouco turbulentos, o que faz com que a Jordânia receba influências de todos os lados.


4. Mais de 50% da população da capital Amã são palestinianos, aos quais se juntaram agora sírios e iraquianos – tudo malta a fugir de conflitos. Por isso é que Francisco Agostinho acha que a Jordânia devia ganhar um Nobel da Paz.


5. Ir ao fundo do Mar Morto. É uma espécie de piada - há uns tempos, tudo ficaria a flutuar, mas a verdade é que o Mar Morto está com cada vez menos água. Estão a pensar ir buscar água ao Mar Vermelho para o Mar Morto não secar.


6. Descobrir o Mapa de Madaba, o mapa da Terra Santa. Este mosaico cobre parte do chão da igreja de São Jorge, em Madaba.


6. Dormir num acampamento beduíno nas areias vermelhas do deserto do Wadi Rum


 

Francisco Agostinho (Projecto100Rota) era funcionário público, mas deixou o trabalho para ser líder de viagens. Agora trabalha, sim, mas ao ar livre e sempre em registo de aventura. Já foi à Jordânia umas sete ou oito vezes só nos últimos 2 anos e explica porque é que a Jordânia é um país incrível. Que outras oportunidades terá para fingir que está num filme do Indiana Jones enquanto visita Petra? Ou imitar o Lawrence das Arábias no deserto de Wadi Rum.


 


7 Maravilhas da Jordânia:


1. Ok, já sabemos que Petra é magnífico, que é Património da Humanidade, que é uma das novas Maravilhas do Mundo, e que a Fachada do Tesouro supera as expectativas, mas a Jordânia tem muito mais além disso.


2. Para começar, os muçulmanos são muito hospitaleiros e as ligações que se criam são muito fáceis, respeitando sempre o espaço do outro.


3. O país está no meio de Israel, Palestina, Irão, Iraque, Síria… vizinhos um pouco turbulentos, o que faz com que a Jordânia receba influências de todos os lados.


4. Mais de 50% da população da capital Amã são palestinianos, aos quais se juntaram agora sírios e iraquianos – tudo malta a fugir de conflitos. Por isso é que Francisco Agostinho acha que a Jordânia devia ganhar um Nobel da Paz.


5. Ir ao fundo do Mar Morto. É uma espécie de piada - há uns tempos, tudo ficaria a flutuar, mas a verdade é que o Mar Morto está com cada vez menos água. Estão a pensar ir buscar água ao Mar Vermelho para o Mar Morto não secar.


6. Descobrir o Mapa de Madaba, o mapa da Terra Santa. Este mosaico cobre parte do chão da igreja de São Jorge, em Madaba.


6. Dormir num acampamento beduíno nas areias vermelhas do deserto do Wadi Rum


 

Top Podcasts In Society & Culture

C13Originals | Team Downey
Wondery
Thirteen Media
Glennon Doyle & Cadence13
PodcastOne
iHeartPodcasts