20 episodes

Ogunhê é a saudação ao orixá OGUM que nas religiões de matrizes africanas é o orixá da Guerra, Agricultura e tecnologia. Ogum para sobreviver na floresta e nas guerras criava as suas armas (tecnologias) entre outros objetos para gerar mudanças ao seu redor. Protetor dos caminhos e das batalhas, nao tinha nome melhor para representar este projeto que tem o objetivo de compartilhar e apresentar cientistas do continente africano e suas contribuições científicas que ajudam a sociedade!

Ogunhê Podcast Ana Carolina da Hora

    • Science

Ogunhê é a saudação ao orixá OGUM que nas religiões de matrizes africanas é o orixá da Guerra, Agricultura e tecnologia. Ogum para sobreviver na floresta e nas guerras criava as suas armas (tecnologias) entre outros objetos para gerar mudanças ao seu redor. Protetor dos caminhos e das batalhas, nao tinha nome melhor para representar este projeto que tem o objetivo de compartilhar e apresentar cientistas do continente africano e suas contribuições científicas que ajudam a sociedade!

    Nigéria - Grace Alele-Williams - Matemática , Professora , Doutora

    Nigéria - Grace Alele-Williams - Matemática , Professora , Doutora

    Muito feliz por compartilhar um pouco da história de uma das minhas referências nas ciências exatas , a doutora e matemática Grace Alele Williams , que lutou e luta pela educação matemática em África e pela igualdade dos gêneros nas ciências exatas. Mergulhem na história dela . Referências : http://www.math.buffalo.edu/mad/PEEPS/williams_grace_alele.html , https://zbmath.org/authors/?q=alele-williams.grace, https://youtu.be/LXa0QbIpHEM

    • 9 min
    Albert Rakoto - Madagascar

    Albert Rakoto - Madagascar

    De longe o cientista mais renomado de Madagascar. Ele ficou famoso por seu extenso trabalho em compreender melhor as propriedades curativas da flora endêmica única de Madagascar. Ele é creditado por cerca de 350 publicações científicas sobre tópicos que vão desde a função da glândula adrenal até remédios naturais para diabetes.

    Ele disse o seguinte sobre a interação entre a natureza e a população malgaxe [fr]:

    “ Precisamos prosseguir em nosso próprio ritmo, precisamos confiar em nós mesmos e nas virtudes curativas da natureza. No final das contas, a natureza e o homem nada mais são do que uma e a mesma entidade.”

    • 6 min
    Aldino Muianga - Moçambique

    Aldino Muianga - Moçambique

    Aldino Muianga Médico e Escritor É membro da Associação dos Escritores Moçambicanos (AEMO) e membro fundador da Associação de Médicos Escritores e Artistas de Moçambique (AMEAM).

    • 4 min
    Zimbábue - Nathasia Muwanigwa

    Zimbábue - Nathasia Muwanigwa

    Nathasia Muwanigwa Neurocientista, uma cientista originária do Zimbábue, agora está ajudando cientistas, engenheiros e matemáticos de todo o continente africano a dar-lhes visibilidade e inspirar as gerações futuras.

    Matéria da Forbes : https://www.forbes.com/sites/andrewwight/2020/02/02/this-scientist-from-zimbabwe-is-helping-make-african-stem-more-visible/#53edca5857f7

    Global Heath Aging : https://globalhealthaging.org/2020/03/01/five-questions-with-neurobiologist-nathasia-muwanigwa/

    Twitter Visibility STEM AFRICA : https://twitter.com/ViSTEM_Africa?s=20

    • 6 min
    Zambia - Afronauta Edward Nkoloso

    Zambia - Afronauta Edward Nkoloso

    Edward Festus Mukuka Nkoloso (também "Edward Makuka Nkoloso") foi membro do movimento de resistência da Zâmbia e fundador da Academia Nacional de Ciências, Pesquisa Espacial e Filosofia da Zâmbia. 

    Sua historia foi retratada no filme Nkoloso, o Afronauta", indicado no Festival de Cinema de Uganda de 2014

    Sobre o Programa Espacial de Zambia : https://tecnoblog.net/meiobit/411784/afronautas-quando-a-zambia-teve-um-programa-espacial-mais-ambicioso-que-o-nosso/

    Zambia Academy of Science : https://www.interacademies.org/organization/zambia-academy-sciences

    • 5 min
    Esther Mwaikambo - Tanzânia

    Esther Mwaikambo - Tanzânia

    Esther Mwaikambo é presidente da Academia de Ciências da Tanzânia (TAAS) e pediatra sênior da Universidade Memorial Hubert Kairuki em Dar es Salaam. Depois de perder a mãe quando tinha apenas 9 anos, Mwaikambo decidiu que iria se tornar médica e descobrir o que havia matado sua mãe. Esther Mwaikambo mudou-se para a União Soviética quando jovem, seguindo um caminho traçado por outros ambiciosos cientistas africanos. Ela obteve seu MD em 1969 pela Universidade da Amizade dos Povos Patrice Lumumba, em Moscou (hoje conhecida como Universidade da Amizade do Povo da Rússia); ela retornou à Tanzânia para obter um mestrado em pediatria em 1977 pela Universidade de Dar es Salaam.
    https://youngscientists.co.tz/history/history-of-yst/

    https://twas.org/article/rising-power-african-women-science

    • 5 min

Top Podcasts In Science

Listeners Also Subscribed To