51 min

Penso#21 - O teatro da mente e os podcasts ficcionais. Participação: Ingrid Zavarezzi mauroamaral.com

    • Society & Culture

Na primeira temporada do projeto mauroamaral.com, descontando as gravações que me serviram de suporte para passar algum conceito para vocês, a única voz que apareceu foi a minha.

Mas, iniciei a segunda temporada prometendo outras vozes por aqui para me ajudar nessa jornada de contar e recontar a história do podcast como um elemento chave na forma de entender as coisas desse mundo tão complexo de 2020.

E, até por isso, aguardei. Estou nessa de me deixar ser perpassado antes de pensar. De estar no mundo de forma menos planejada e mais orgânica. Vivo o meu próprio projeto de mestrado como materialidade de meu insistente pensamento: o podcast tem o poder de reconquistar o contato direto entre produtores de conteúdo e suas audiências.

E, então, esbarrei com a Ingrid Zavarezzi pelos stories da vida. Ela anunciava o seu curso de roteiro para podcast ficcional. Entrei em contato e estava ali, a primeira oportunidade, aceita após o primeiro convite.

Na hora que se segue - um tempo mais longo do que o normal nos programas aqui do podcast - , minha provável audiência vai poder testemunhar como uma autora e roteirista com décadas de experiência na dramaturgia brasileira, conheceu, estudou e se reinventou para assumir os podcasts ficcionais como sua nova paixão criativa.

Vai poder entender o que diferencia o podcast de outras mídias, como elas se complementam porque, na opinião da autora, tivemos um crescimento tão grande nos tempos atuais.

Mas, pareço me antecipar. Primeiro, clica no PLAY. Depois, comenta!

========================

Para não perder novos programas, a dica é entrar para a nossa newsletter (www.mauroamaral.com/news), nosso grupo de contato direto (www.mauroamaral.com/direto) e me seguir no Instagram (www.instagram.com/mauroamaral)

Na primeira temporada do projeto mauroamaral.com, descontando as gravações que me serviram de suporte para passar algum conceito para vocês, a única voz que apareceu foi a minha.

Mas, iniciei a segunda temporada prometendo outras vozes por aqui para me ajudar nessa jornada de contar e recontar a história do podcast como um elemento chave na forma de entender as coisas desse mundo tão complexo de 2020.

E, até por isso, aguardei. Estou nessa de me deixar ser perpassado antes de pensar. De estar no mundo de forma menos planejada e mais orgânica. Vivo o meu próprio projeto de mestrado como materialidade de meu insistente pensamento: o podcast tem o poder de reconquistar o contato direto entre produtores de conteúdo e suas audiências.

E, então, esbarrei com a Ingrid Zavarezzi pelos stories da vida. Ela anunciava o seu curso de roteiro para podcast ficcional. Entrei em contato e estava ali, a primeira oportunidade, aceita após o primeiro convite.

Na hora que se segue - um tempo mais longo do que o normal nos programas aqui do podcast - , minha provável audiência vai poder testemunhar como uma autora e roteirista com décadas de experiência na dramaturgia brasileira, conheceu, estudou e se reinventou para assumir os podcasts ficcionais como sua nova paixão criativa.

Vai poder entender o que diferencia o podcast de outras mídias, como elas se complementam porque, na opinião da autora, tivemos um crescimento tão grande nos tempos atuais.

Mas, pareço me antecipar. Primeiro, clica no PLAY. Depois, comenta!

========================

Para não perder novos programas, a dica é entrar para a nossa newsletter (www.mauroamaral.com/news), nosso grupo de contato direto (www.mauroamaral.com/direto) e me seguir no Instagram (www.instagram.com/mauroamaral)

51 min

Top Podcasts In Society & Culture