5 episódios

Pistoleiros, o primeiro podcast original Globoplay produzido em parceria com O Globo.

Assinado pelo jornalista Rafael Soares, o programa tem a proposta de traçar um panorama sobre o cenário da pistolagem no Rio de Janeiro.

Pistoleiros Globo Podcasts

    • Sociedade e cultura
    • 4,7 • 67 avaliações

Pistoleiros, o primeiro podcast original Globoplay produzido em parceria com O Globo.

Assinado pelo jornalista Rafael Soares, o programa tem a proposta de traçar um panorama sobre o cenário da pistolagem no Rio de Janeiro.

    1. Ronnie Lessa

    1. Ronnie Lessa

    Antes de ser PM, Ronnie Lessa tinha um estúdio de tatuagem badalado no Méier, um dos primeiros do bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro.
    Seu sonho era ser advogado, mas acabou virando policial. Na corporação, teve uma carreira meteórica.
    Após passagem pelo Bope, fez parte da Patamo 500, patrulha conhecida na Zona Norte do Rio pela truculência e pela fileira de mortes.
    A desenvoltura no submundo o levaria a trabalhar, primeiro, para a Polícia Civil, "emprestado" para delegacias especializadas e, em seguida, como segurança do bicheiro Rogério Andrade.
    Após perder uma perna num atentado à bomba em meio a uma disputa na contravenção, ele inventou um novo jeito de matar: dentro de carros em movimento.
    Foi justamente dessa maneira que consumou o homicídio pelo qual ficaria conhecido em todo o país: a execução de Marielle Franco.

    Lessa é o personagem do primeiro dos cinco episódios de Pistoleiros, um podcast original Globoplay, produzido pelo jornal O GLOBO.

    • 55 min
    2. Capitão Adriano

    2. Capitão Adriano

    Adriano da Nóbrega passou a infância em fazendas de bicheiros, na Região Serrana do Rio de Janeiro.
    Anos mais tarde, já formado "caveira", foi recrutado, dentro da cadeia, para trabalhar como "segurança" de integrantes da família Garcia — clã de contraventores que estavam em guerra pelo espólio criminoso deixado pelo patriarca Miro Garcia.
    Adriano passou a usar o que aprendeu na PM a serviço do crime organizado e virou o mais temido matador de aluguel do Rio, contratado a peso de ouro.
    Morto em 2020 numa operação policial na Bahia, ele nunca foi condenado por nenhum homicídio, apesar de ser apontado como autor de mais de 20 assassinatos desde 2007.
    Entre as vítimas, presidentes de escola de samba, bicheiros e políticos.
    Depoimentos mostram que o "intocável" chegou a ser formalmente acusado por testemunhas de diversos crimes.
    As investigações, no entanto, permanecem em aberto até hoje.

    Adriano é o personagem do segundo dos cinco episódios de Pistoleiros, um podcast original Globoplay, produzido pelo jornal O GLOBO.

    • 54 min
    3. Batoré

    3. Batoré

    O então cabo Antônio Eugênio de Souza Freitas foi expulso da PM do Rio de Janeiro por desviar armas apreendidas em operações para traficantes da Ilha do Governador.
    Fora da corporação, Batoré, como passou a ser conhecido, continuou trabalhando para o crime: virou braço-direito de Fernandinho Guarabu, chefe do tráfico da Ilha que passou quase duas décadas foragido.
    Batoré foi um agente do submundo: circulava entre traficantes, milicianos e bicheiros. Foi ele quem levou práticas da milícia para o tráfico, promovendo um intercâmbio criminoso.
    Mas sua atuação mais famosa no submundo era como capanga do amigo Adriano da Nóbrega. Os dois são investigados por participarem, juntos, de dois dos crimes mais ousados da história recente do Rio de Janeiro: os homicídios do PM e bicheiro Geraldo Pereira, à luz do dia numa academia na Zona Oeste do Rio, e do presidente da escola de samba Portela, Marcos Falcon, em Oswaldo Cruz.

    Batoré é o personagem do terceiro dos cinco episódios de Pistoleiros, um podcast original Globoplay, produzido pelo jornal O GLOBO.

    • 43 min
    4. Mad e o Escritório do Crime

    4. Mad e o Escritório do Crime

    Leonardo Gouvêa da Silva, o Mad, é considerado o principal herdeiro do Capitão Adriano no mercado da pistolagem.
    Se o ex-capitão foi o fundador do Escritório do Crime, coube a Mad, um miliciano, tornar o consórcio de matadores ainda mais letal.
    Metódico, Mad planejava um homicídio por meses, fazia campana em regiões de mata que dessem vista para a casa dos alvos e até planejava alugar apartamentos no mesmo prédio de seus vítimas para monitorá-las.
    Mad e o Escritório do Crime são tema do quarto dos cinco episódios de Pistoleiros, um podcast original Globoplay, produzido pelo jornal O GLOBO.

    • 46 min
    5. Fábrica de matadores

    5. Fábrica de matadores

    O homicídio de um PM leva a polícia a descobrir que, no momento da execução, dois grupos estavam atrás da mesma vítima e acabaram se enfrentando.
    Um deles era o Escritório do Crime. O outro grupo, que nunca foi identificado, acendeu o alerta da polícia: há novas organizações especializadas em matar à solta?

    Este é o último dos cinco episódios de Pistoleiros, um podcast original Globoplay, produzido pelo jornal O GLOBO.

    • 45 min

Opiniões de clientes

4,7 de 5
67 avaliações

67 avaliações

jah8172jshs ,

Irretocável

Extremamente bem produzido e apresentado, é desesperador conhecer a realidade do crime organizado. Ótimo trabalho!

Nériton Bertholino ,

Ótimo e detalhado documentário

Muito bom. Parabéns aos envolvidos.

Cassiano Bittencourt ,

Muito bom

Série documental muito bem construída.

Top podcasts em Sociedade e cultura

Jovem Nerd
Central 3 Podcasts
Globoplay
Cláudio Moreno & Filipe Speck
GNT
Estúdios Flow

Você Também Pode Gostar de

Globoplay
Globoplay
revista piauí
Central 3 Podcasts
B9
Tatiana Daignault - Crimes e Mistérios Brasil