9 episódios

Um Rádio na Paisagem é um podcast que convida artistas dos mais diversos campos para falar sobre paisagem, suas experiências biográficas e referências artísticas. Concebido e dirigido pelo coreógrafo Gustavo Ciríaco, tem publicação semanal e percorre, em duas séries, os universos e a poética espacial dos artistas convidados.

Um Rádio na Paisagem Um Rádio na Paisagem

    • Artes

Um Rádio na Paisagem é um podcast que convida artistas dos mais diversos campos para falar sobre paisagem, suas experiências biográficas e referências artísticas. Concebido e dirigido pelo coreógrafo Gustavo Ciríaco, tem publicação semanal e percorre, em duas séries, os universos e a poética espacial dos artistas convidados.

    Um horizonte ouvido | Ep. extra | Um rádio na paisagem

    Um horizonte ouvido | Ep. extra | Um rádio na paisagem

    Este episódio tem caráter de retrospectiva, com o intuito de fechar um ciclo de oito episódios. Para analisar o percurso do programa, assim como falar sobre suas linhas temáticas centrais, Gustavo convida duas amigas de longa data. Um Rádio na Paisagem recebe a pesquisadora, crítica e curadora de artes visuais Michelle Sommer (RS) e a dramaturgista e pesquisadora de dança e artes da cena Thereza Rocha (RJ), para uma conversa sobre paisagem, arquitetura afetiva, tradução e deriva.

    • 1h 27 min
    Uma presença em aparição | Ep. 8 | Um rádio na paisagem

    Uma presença em aparição | Ep. 8 | Um rádio na paisagem

    Neste episódio, a conversa se dá com a pesquisadora em danças urbanas, artista visual e pedagoga Ana Pi. Nascida em Minas Gerais, mora em Paris, onde é artista associada ao MAC VAL, Museu de Arte Contemporânea de Val-de-Marne, e à La Briqueterie - CDCN, para o projeto europeu Dancing Museums: The Democracy of Beings. Em 2020, foi artista do programa Cisneros Fellowship - América Latina, do MoMA - Museu de Arte Moderna de Nova York, com o projeto The Divine Cypher, no Haiti. Sua prática se situa entre as noções de trânsito, deslocamento, pertencimento, sobreposição, memória, cores e gestos ordinários. Tomada por uma missão pessoal e artística, Ana percorreu o continente africano em sua busca pelo que havia se tornado invisível: o seu passado ancestral africano, e o seu presente em construção e digressão.

    • 1h 18 min
    O gesto que escorre pela clareira | Ep. 7 | Um rádio na paisagem

    O gesto que escorre pela clareira | Ep. 7 | Um rádio na paisagem

    Neste episódio, a conversa é com o coreógrafo e filósofo de formação Bruno Levorin. Nascido na cidade de Campinas, residente há anos em São Paulo e atualmente em Lisboa, as perguntas lhe fazem avançar pelo mundo, ou antes, se perder nele, em manifestos de lucidez e sonho. Seus trabalhos encontram-se na dança contemporânea, em um cruzamento entre a coreografia, a dramaturgia e a teoria crítica. Em suas obras, Bruno parece se interessar em como o gesto - a sua insistência e desenrolar no tempo -, produz dramaturgias de empatia, e instala um presente compartilhado. Em suas próprias palavras, diz que, como poeta, acredita na palavra como um monumento de espera, escuta e esperança

    • 1h 5 min
    A floresta febril | Ep. 6 | Um rádio na paisagem

    A floresta febril | Ep. 6 | Um rádio na paisagem

    Neste episódio, a conversa se dá com a cineasta e artista visual Maya Da-Rin. Nascida no Rio de Janeiro, Maya é interessada nas densidades que envolvem cultura e natureza na ameríndia brasileira. Seus filmes nos colocam nos olhos daqueles que conhecemos pouco - os povos originários da Amazônia -, e nos lançam na vertigem das diferenças culturais, e na leitura de nossos arredores. Seu primeiro longa-metragem, A Febre, de 2019, foi aclamado pela crítica e estreou na Competição Internacional de Locarno, onde recebeu o Leopardo de Ouro de Melhor Ator e o prêmio da crítica FIPRESCI de Melhor Filme, antes de ganhar mais de 30 prêmios em festivais de cinema mundo afora.

    • 1h 4 min
    Desejo no que foi mato | Ep. 5 | Um rádio na paisagem

    Desejo no que foi mato | Ep. 5 | Um rádio na paisagem

    Neste quinto episódio, Gustavo recebe o coreógrafo e bailarino Marcelo Evelin. Nascido em Teresina (PI) e formado pelo mundo afora, Marcelo é atualmente uma figura incontornável na cena da dança contemporânea brasileira, um artista congregador de presenças, de fluxos e de sensações. Vivendo entre Teresina e Amsterdã, e trabalhando do Japão aos Estados Unidos, do Chile à França, Marcelo está desde 1995 à frente da Plataforma Demolition Incorporada, baseada no CAMPO, um espaço de Residência e Resistência das Artes Performativas em Teresina. De 2006 a 2015, ele criou e coordenou o Núcleo do Dirceu, grupo que dinamizou a cena da dança local e a colocou em diálogo com o resto do mundo. O episódio de hoje leva o nome de Desejo no que foi mato.

    • 1h 12 min
    Num lugar onde os cegos veem | Ep. 4 | Um rádio na paisagem

    Num lugar onde os cegos veem | Ep. 4 | Um rádio na paisagem

    Neste episódio conversamos com a artista visual Laura Lima. Laura tem ampla atuação internacional, e sua obra é marcada pela variedade de suportes e formatos, onde o conceito abre diálogo com experts e executores de outras áreas para a criação de universos singulares. Com formação em filosofia e artes visuais, a mineira Laura Lima desenvolveu conceitos que põem à prova a matéria e a práxis das artes contemporâneas nacionais, sendo a primeira artista brasileira a ter uma performance adquirida por um museu brasileiro, o Museu de Arte Moderna de São Paulo, no ano de 2000. Laura é cofundadora da galeria de arte A Gentil Carioca, no Rio de Janeiro, junto aos artistas Ernesto Neto e Márcio Botner. A conversa gira em torno de suas criações e, especificamente, sobre sua relação com paisagens e espaços.

    • 59 min

Top podcasts em Artes

vinte mil léguas
Megafauna Livraria Ltda
451 MHz
Quatro cinco um
Clodovil do Avesso
ELLE Brasil
Ilustríssima Conversa
Folha de S.Paulo
Estilo Possível por Marina Santa Helena
Marina Santa Helena
The Pink House with Sam Smith
Lemonada Media