119 episodes

Afinal, toda história acaba em pizza.

Nos apoie e escute episódios exclusivos pelo https://www.patreon.com/geopizza ou https://orelo.cc/podcast/65051c0ba40f4efe7a9b9cf8 ou https://apoia.se/geopizza

Geopizza Zottis e Alexander

    • Education
    • 4.8 • 9 Ratings

Afinal, toda história acaba em pizza.

Nos apoie e escute episódios exclusivos pelo https://www.patreon.com/geopizza ou https://orelo.cc/podcast/65051c0ba40f4efe7a9b9cf8 ou https://apoia.se/geopizza

    Joana D'Arc e Gilles de Rais #118

    Joana D'Arc e Gilles de Rais #118

    Camponesa, guerreira e santa, Joana D'Arc foi uma das principais líderes na Guerra dos 100 anos.


    Embora fosse apoiada pelo povo francês, ela era desprezada pela nobreza, que considerava uma mulher no campo de batalha uma "blasfêmia" diante de Deus, principalmente utilizando "roupas masculinas".



    Um dos poucos nobres que pensava diferente era o barão Gilles de Rais, que apoiou várias campanhas militares da jovem adolescente com dinheiro, soldados e muitas vezes, a socorreu.



    Embora unidos no campo de batalha, Joana e Gilles não podiam ser mais diferentes: um enorme abismo social os separava e consequentemente, seus objetivos para a França também.



    __________________________



    Fontes e dicas culturais no nosso site: https://geopizza.com.br/joana-darc-e-gilles-de-rais-118/



    __________________________



    Apoie o Geopizza e escute episódio exclusivos através de 1 dos 3 links:
    1: Apoiase: https://apoia.se/geopizza
    2: Orelo: https://orelo.cc/podcast/65051c0ba40f4efe7a9b9cf8
    3: Patreon: https://www.patreon.com/geopizza

    • 2 hr 55 min
    Pablo Escobar e o Narco-Turismo #117

    Pablo Escobar e o Narco-Turismo #117

    Em 1991, Medellín se tornou a cidade mais violenta do mundo devido às ações de Pablo Escobar.



    O chefe do Cartel de Medellín vitimou mais de 46 mil colombianos ao longo de 10 anos, através de seus atentados a bomba feito em locais públicos.



    Cerca de 30 anos depois, o mesmo Pablo Escobar retornou para a Colômbia, mas dessa vez como um "ícone pop".



    Influenciado por séries como "Narcos", o passado traumático do país foi transformado em um "produto" para ser consumido principalmente pelos estrangeiros.



    Diversos turistas tornaram-se adeptos das "narco-tours" visitando locais onde Escobar morou, frequentando festas com temáticas de cartéis, buscando drogas e prostituição.



    Em 2019, o prefeito de Medellín discursou:



     "Por que o mundo inteiro se solidariza com os EUA, com a França, a Espanha, Inglaterra, mas não com Medellín e com os colombianos, que virou uma fonte de entretenimento? "



    ______________________________________________

    Apoie o Geo e escute episódios extras:

    Opção 1: Apoiase:⁠⁠ ⁠https://apoia.se/geopizza⁠⁠⁠
    Opção 2: Patreon: ⁠⁠⁠https://patreon.com/geopizza⁠⁠⁠

    Opção 3: Orelo ⁠https://orelo.cc/podcast/65051c0ba40f4efe7a9b9cf8/dashboard⁠

    ______________________________________________

    Confira nossa loja 👇⁠⁠⁠

    ⁠⁠https://shopee.com.br/shop/482090101/⁠⁠⁠

    ______________________________________________

    Fontes e dicas culturais no nosso site⁠⁠ ⁠https://geopizza.com.br/pablo-escobar-e-o-narco-turismo-117/

    • 1 hr 58 min
    O Japão Feudal e o Xógum #116

    O Japão Feudal e o Xógum #116

    🇯🇵 Na nova série XÓGUM: A Gloriosa Saga do Japão, disponível no Star+ e Disney+ com episódios semanais, o britânico John Blackthorne aporta no Japão em 1600 e forma uma parceria com o poderoso Lorde Yoshii Toranaga.

    Baseado em personagens reais, John Blackthorne foi o mercador inglês William Adams, enquanto Yoshii Toranaga é o senhor feudal Tokugawa Ieyasu

    👉 No icônico ano de 1600, o Japão era uma nação dividida, controlada por diversos senhores feudais.

    Depois de mais de um século de conflito, o único sobrevivente dos 3 senhores feudais que lutaram para unificar o Japão, o Tokugawa Ieyasu, iria estabelecer uma burocracia estatal, tornando-se o 1º Shogun da dinastia Tokugawa, que governaria a nação até 1868.

    Esse é o período da "Sengoku Jidai", em que o Japão entrou em uma verdadeira guerra civil por 143 anos.

    Esse episódio tá repleto de samurais, ninjas, castelos e figuras históricas como Oda Nobunaga, Toyotomi Hideyoshi e Tokugawa Ieyasu!

    ________________________________________

    Para escutar nossos episódios extras, apoie nossa campanha no

    Apoiase:⁠⁠ ⁠https://apoia.se/geopizza⁠⁠⁠

    Patreon: ⁠⁠⁠https://patreon.com/geopizza⁠⁠⁠

    Orelo: ⁠https://orelo.cc/podcast/65051c0ba40f4efe7a9b9cf8/dashboard⁠

    ______________________________________________

    Confira nossa loja 👇⁠⁠⁠

    ⁠⁠https://shopee.com.br/shop/482090101/⁠⁠⁠

    ______________________________________________

    Fontes e dicas culturais no nosso site⁠⁠ https://geopizza.com.br/japao-feudal-e-o-xogum-116/

    • 3 hr 39 min
    Comunistas e Militares no Araguaia #115

    Comunistas e Militares no Araguaia #115

    Em 1970, cerca de 89 guerrilheiros foram perseguidos na Amazônia pelo exército brasileiro em um processo que levou 4 anos e envolveu mais de 10 mil soldados.



    Mais da metade das vítimas da Ditadura no Brasil estiveram envolvidos nesse episódio: a Guerrilha do Araguaia.



    Entretanto, a maioria das vítimas foram camponeses e agricultores vitimados pelas torturas dos militares, sob a simples suspeita de ajudar os guerrilheiros.



    Suas propriedades foram confiscadas e destruídas, para tornarem-se bases de operações do exército.



    Nesse ano de 2024, completa-se 50 anos desde que a Guerrilha do Araguaia acabou, mas as suas cicatrizes são visíveis:



    hoje, muitos moradores das cidades de São Geraldo, São Domingos, Marabá no Pará e Xambioá no Tocantins têm receio em falar sobre a Guerrilha.



    Esse medo tem fundamento: em 2001, foi confirmado que o exército, junto com a ABIN, agência brasileira de inteligência, estava espionando a população clandestinamente, intimidando muitos a darem testemunhos falsos para pesquisadores quando lhes perguntavam sobre a guerrilha.



    Até hoje, diversos familiares não receberam nenhuma pista do governo do que aconteceu com seus filhos, filhas, maridos e esposas assassinados pelo exército, muito menos indenizações de suas propriedades destruídas.



    ________________________________________



    Para escutar nossos episódios extras, apoie nossa campanha no



    Orelo: ⁠https://orelo.cc/podcast/65051c0ba40f4efe7a9b9cf8/dashboard⁠

    Patreon: ⁠⁠⁠https://patreon.com/geopizza⁠⁠⁠

    Apoiase:⁠⁠ ⁠https://apoia.se/geopizza⁠⁠⁠

    ______________________________________________

    Confira nossa loja👇⁠⁠⁠

    ⁠⁠https://shopee.com.br/shop/482090101/⁠⁠⁠

    ______________________________________________



    Fontes e dicas culturais no nosso site⁠⁠ https://geopizza.com.br/comunistas-e-militares-no-araguaia-115/

    • 3 hr 9 min
    A Guerrilha do Araguaia na Ditadura Militar #114

    A Guerrilha do Araguaia na Ditadura Militar #114

    Conhece o "Vietnã brasileiro?" 🇻🇳


    Durante a década de 1970, o sul do Pará e o norte de Goiás virou uma zona de guerra entre guerrilheiros do PCdoB e o Exército.



    Aqui, o exército brasileiro organizou a sua maior movimentação de tropas desde a 2º Guerra Mundial.



    Mais de 10 mil homens do exército, incluindo da Marinha, Força Aérea e Polícias Militares foram enviados para combater 89 guerrilheiros da Guerrilha do Araguaia, criada pelo PCdoB.


    Por isso, o Araguaia foi chamado de "O Vietnã Brasileiro" por alguns.


    Inspirada nas revoluções de Cuba, China e Vietnã, integrantes do PCdoB chegaram a conclusão que a "revolução brasileira" deveria começar pelo campo, mais especificamente no Araguaia.



    Com sua mata fechada, rios abundantes e numerosas serras, a região do Araguaia serviria como abrigos geográficos dos tanques, helicópteros e aviões do exército.



    De lá, a ideia era que o movimento se espalhasse para outras regiões do país, convocando a população camponesa brasileira a integrar a guerrilha e derrubar a ditadura militar.



    Assim, nasceu a Guerrilha do Araguaia. Durante quase 8 anos, homens e mulheres das mais variadas idades e classes sociais, caçaram, treinaram e sobreviveram em meio à Amazônia, gestando no Araguaia um movimento auto suficiente que tinha como objetivo deflagrar uma guerra popular prolongada.



    Campeões de boxe, garimpeiros, professoras, enfermeiras e até dirigentes que trocavam cartas com Mao Tsé-Tung participavam da guerrilha.



    Mas antes que os comunistas estivessem prontos para exportar a revolução para os camponeses, os militares já tinham sido alertados da existência do grupo.



    Tal como aconteceu com Canudos, a guerrilha resistiu até o fim, repelindo diversas excursões e campanhas do exército ao longo de alguns anos.



    _________________________________________



    Para escutar nossos episódios extras, apoie nossa campanha no





    Orelo: ⁠https://orelo.cc/podcast/65051c0ba40f4efe7a9b9cf8/dashboard⁠

    Patreon: ⁠⁠⁠https://patreon.com/geopizza⁠⁠⁠

    Apoiase:⁠⁠ ⁠https://apoia.se/geopizza⁠⁠⁠

    ______________________________________________





    Confira nossa loja, a Geostore 👇⁠⁠⁠

    ⁠⁠https://shopee.com.br/shop/482090101/⁠⁠⁠

    ______________________________________________





    Fontes e dicas culturais no nosso site⁠⁠ ⁠https://geopizza.com.br/⁠⁠

    • 2 hr 33 min
    A Rainha Pirata: Zheng Yi Sao #113

    A Rainha Pirata: Zheng Yi Sao #113

    O pirata mais bem-sucedido da história não foi um homem: foi uma mulher chinesa.


    Ao contrário da maioria dos piratas que saqueavam navios durante 1 ou 2 anos e geralmente morriam em batalha, Zheng Yi Sao esteve na ativa por 9 anos.


    Dona de uma frota pessoal de mais de 1400 piratas e 24 navios, ela construiu uma fortuna baseado em saques, contrabandos e extorsão.



    A pirata ainda comandou uma Confederação de Piratas composta por 5 diferentes frotas que navegava pelo Mar do Sul da China.



    Com 400 navios e 70 mil homens ao seu dispor, Zheng Yi Sao planejou, coordenou e realizou saques à navios chineses, britânicos e portugueses nos primeiros anos do século 19.



    Através de uma rede de inteligência e monitoramento, Zheng Yi Sao conseguiu até mesmo monopolizar o comércio marítimo de sal na China.



    Considerada como uma ameaça nacional, a Marinha Chinesa teve que aliar-se a Marinha Britânica e Portuguesa para tentar captura-la.



    Em todo caso, os resultados não foram satisfatórios: aos montes, almirantes britânicos e portugueses tornaram-se reféns nos porões da pirata.



    Escondendo seus navios em baias e cavernas, os piratas tornavam inútil qualquer ajuda estrangeira que desconhecia da geografia local.



    Além da pirataria, Zheng Yi Sao ainda diversificou sua carreira e construiu diversas casas de jogos em Guangzhou e Macau.

    Parecia que ninguém conseguia impedi-la. Será?






    _________________________________________



    Para escutar nossos episódios extras, apoie nossa campanha no



    Orelo: https://orelo.cc/podcast/65051c0ba40f4efe7a9b9cf8/dashboard

    Patreon: ⁠⁠https://patreon.com/geopizza⁠⁠

    Apoiase:⁠⁠ https://apoia.se/geopizza⁠⁠

    ______________________________________________



    Confira nossa loja, a Geostore 👇⁠⁠⁠

    ⁠https://shopee.com.br/shop/482090101/⁠⁠

    ______________________________________________



    Fontes e dicas culturais no nosso site⁠⁠ https://geopizza.com.br/⁠

    • 3 hr 1 min

Customer Reviews

4.8 out of 5
9 Ratings

9 Ratings

GBarruffe ,

Tri bagual

Excelente podcast direto dos pampas gaúchos!

WilFerreira ,

Identidade Sonora

O podcast é incrível, bem escrito, os assuntos bem selecionados, porém não devemos esquecer que podcast é um mecanismo de áudio, assim todos os efeitos sonoros fazem parte do processo de construção da narrativa e da comunicação. Confesso que tenho dificuldade de ouvir os locutores e as estórias até o final, falam alto no time errado, não conseguem criar uma atmosfera confortável para ouvirmos os assuntos com atenção, poderia ser algo mais leve, as entonações são exageradas sem nenhuma necessidade, se conseguissem identificar isso tenho certeza que melhoraria muito o conteúdo de vocês.

Top Podcasts In Education

The Mel Robbins Podcast
Mel Robbins
The Jordan B. Peterson Podcast
Dr. Jordan B. Peterson
Mick Unplugged
Mick Hunt
TED Talks Daily
TED
Digital Social Hour
Sean Kelly
School Business Insider
John Brucato

You Might Also Like

História FM
Leitura ObrigaHISTÓRIA
Xadrez Verbal
Central 3 Podcasts
Petit Journal
Petit Journal
Rádio Escafandro
Tomás Chiaverini
História em Meia Hora
Agência de Podcast
Foro de Teresina
piauí