256 episódios

Um bate papo descontraído sobre o admirável mundo da arquitetura e das cidades!

Arquicast Arquicast

    • Artes
    • 4,9 • 97 avaliações

Um bate papo descontraído sobre o admirável mundo da arquitetura e das cidades!

    Arquicast 226 – Casa da Cascata

    Arquicast 226 – Casa da Cascata

    Oi gente! Esse é o Arquicast 226 e hoje vamos falar sobre uma das residências mais icônicas do século XX. Construída em cima de uma queda d’agua, diz a lenda que foi projetada em pouquíssimo tempo e utiliza o concreto armado de forma inovadora, mais ousada do que seus pares de outros países. O projeto também ajudou seu autor, que havia sido por muitos anos esquecido da mídia e volta de forma triunfal, desafiando a gravidade e as convenções do que é fazer uma casa realmente moderna.



    Estamos falando da Fallingwater, ou Casa da Cascata de Frank Lloyd Wright! Bom cast!

    • 1h 3 min
    Arquicast 225 – Livros Clássicos: O Urbanismo (Françoise Choay)

    Arquicast 225 – Livros Clássicos: O Urbanismo (Françoise Choay)

    A tarefa deste livro foi bem ambiciosa e realizada por uma autora que não é arquiteta: compilar os vários pensamentos sobre a cidade e retratar a criação de uma disciplina que vai tentar explicá-la e melhorá-la. E o grande desafio, que historiadores sempre encontram, é categorizar pensamentos para facilitar ao leitor ver as coisas como elas são. Tarefa que esse livro faz de forma certeira e é conteúdo básico de qualquer curso de arquitetura e urbanismo.

    • 1h 27 min
    Arquicast 224 – Profissionalizando os Escritórios de Arquitetura

    Arquicast 224 – Profissionalizando os Escritórios de Arquitetura

     



    O sonho de montar um escritório de arquitetura e criar projetos autorais é uma aspiração comum entre muitos recém-formados em arquitetura e urbanismo. No entanto, mais do que apenas a parte criativa e técnica, é crucial considerar a gestão do negócio. Este foi o tema central do episódio 224 do Arquicast, onde foram discutidos os desafios e estratégias para profissionalizar os escritórios de arquitetura. 



    O episódio começa destacando um dado alarmante: 25% das empresas no Brasil fecham suas portas devido a problemas de gestão, conforme uma pesquisa do Sebrae em 2020. Nesse contexto, como conciliar os desejos profissionais com a administração eficiente do negócio? Em parceria com a Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura de São Paulo (ASBEA), o Arquicast convidou Gustavo Garrido, presidente da ASBEA-SP, e Daniel Toledo, diretor executivo da Königsberger Vannucchi.



    Garrido e Toledo compartilham suas experiências e abordam os primeiros passos para quem deseja empreender na prestação de serviços em arquitetura. A questão do espaço físico em uma era digital é levantada, ressaltando a importância da presença online, mas sem desconsiderar a relevância de um local físico para encontros e apresentações. Além disso, a discussão sobre a precificação dos projetos como pilar da gestão é essencial. Os participantes destacam que a precificação vai além de uma simples metodologia de composição de preços, envolvendo diversas dimensões que impactam na sustentabilidade do escritório.



    A escala do negócio também é discutida e os desafios específicos de cada uma. Nesse caminho, a gestão de pessoas surge como um ponto central, destacando a necessidade de pensar na gestão de equipes tanto quanto na gestão dos projetos. A medição de resultados em um trabalho aparentemente artístico é debatida, evidenciando a importância de não se limitar apenas à medida financeira.



    A busca por apoio e capacitação, seja por meio de cursos específicos ou entidades como a ASBEA, é incentivada, bem como a valorização dos profissionais da área e a construção de um mercado local sólido são abordadas como estratégias importantes para a caminhada de oportunidades. O episódio proporciona uma reflexão valiosa sobre os desafios  da profissionalização dos escritórios de arquitetura ao trazer especialistas com experiências práticas para a discussão, ainda, o episódio oferece insights fundamentais para aqueles que buscam empreender nesse campo tão dinâmico e desafiador. 



    Embora o caminho para profissionalizar um escritório de arquitetura possa ser desafiador, ele é repleto de ramificações para aqueles dispostos a investir na capacitação e aprendizagem contínua, desenvolvendo suas habilidades empresariais. Com as ferramentas certas e o apoio adequado, é possível transformar o sonho de empreender na área da arquitetura em uma jornada gratificante e bem-sucedida. Não deixe de ouvir o episódio!

    • 1h 1m
    Arquicast 223 – Pritzker 2024: Riken Yamamoto

    Arquicast 223 – Pritzker 2024: Riken Yamamoto

    Arquicast 224 - Pritzker 2024: Riken Yamamoto



    A arquitetura contemporânea está em constante busca por inovação e relevância social, nesse contexto, o arquiteto japonês Riken Yamamoto, vencedor Prêmio Pritzker de 2024, é celebrado não apenas por sua habilidade técnica, mas também pelo seu profundo engajamento comunitário e seus esforços em projetos de reconstrução após desastres naturais, transformando essa jornada em legado para jovens profissionais. Sua trajetória na arquitetura é marcada por influências profundas e uma visão humanista que permeia suas obras.



    Yamamoto nasceu em uma casa de estilo machiya japonês, onde a integração entre espaços públicos e privados era intrínseca ao ambiente. Essa experiência formativa moldou sua compreensão precoce da importância da comunidade na arquitetura. Aos 17 anos, durante uma visita ao Templo Kôfuku-ji, ele foi profundamente impactado pelo Pagode de Cinco Andares, uma experiência que despertou sua paixão pela arquitetura e influenciou sua abordagem futura ao design. Esses momentos fundamentais na vida de Yamamoto revelam a influência da cultura e da história japonesa em sua visão arquitetônica.



    Durante suas viagens pela costa mediterrânea e pelas Américas, Yamamoto absorveu uma variedade de influências culturais e arquitetônicas que enriqueceram sua prática. Desafiando a prevalência das casas unifamiliares no Japão, ele propôs alternativas que privilegiam a comunidade e a coletividade. Após o devastador Terremoto e Tsunami de Tōhoku em 2011, Yamamoto demonstrou seu compromisso com o serviço à comunidade, fundando institutos e iniciativas para ajudar na reconstrução e recuperação das áreas afetadas.



    O projeto "HOME-FOR-ALL", uma iniciativa voluntária co-fundada por Yamamoto, desempenhou um papel crucial na reconstrução de residências para aqueles que perderam tudo no desastre. Esse aspecto humanitário de sua prática reflete sua crença no poder da arquitetura para transformar vidas e promover o bem-estar social. O legado arquitetônico de Yamamoto transita entre a interação dos espaços e a acessibilidade, entre o engajamento dos usuários e dos transeuntes, contribuindo para o enriquecimento das comunidades locais onde estão inseridas. Seu compromisso com a inovação com o design centrado no ser humano o coloca como uma figura inspiradora, fator considerado pelo júri na premiação. 



    Se quiser saber mais sobre a premiação desse ano, não deixe de ouvir o episódio completo do Arquicast. Além das informações comentadas acima, o programa ainda conta com uma versão em vídeo disponível no YouTube. As polêmicas não ficaram de fora da edição, sobretudo quando o assunto foi sobre a opção do júri em dar visibilidade também à produção japonesa contemporânea. Participe dessa conversa ouvindo o episódio. Bom cast!

    • 1h 15 min
    Arquicast 222 – Arquitetura e Cinema: O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

    Arquicast 222 – Arquitetura e Cinema: O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

    Imagine-se vagando pelas ruas encantadoras de Paris, imerso em uma paleta de cores vibrantes e narrativas poéticas. Este é o universo visualmente deslumbrante de "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain", um filme que captura não apenas os corações dos cinéfilos, mas também o olhar atento dos apreciadores de arquitetura. No episódio de Arquitetura e Cinema do Arquicast sobre esse clássico contemporâneo, tenta-se desvendar as complexidades arquitetônicas que moldam o cenário onde a história de Amélie se desenrola.



    Paris é muito mais do que apenas o cenário onde a história se passa; é um personagem por si só. Das ruas sinuosas de Montmartre às paisagens urbanas de Montparnasse, a habilidade do diretor Jean-Pierre Jeunet em capturar a essência arquitetônica da cidade é notória. A estética peculiar e pitoresca das ruas, com seus cafés charmosos e fachadas coloridas, oferece um pano de fundo perfeito para as aventuras de Amélie. A arquitetura em "Amélie Poulain" é uma ferramenta narrativa, visto que os espaços arquitetônicos refletem os estados de espírito das personagens.



    Das escadas estreitas do apartamento de Amélie à atmosfera nostálgica da loja de fotografia de Nino, cada espaço é meticulosamente projetado para contar uma história por si só, criando uma sensação de intimidade e familiaridade para o público. A paleta de cores vibrantes é um dos aspectos mais marcantes do filme, entre o vermelho ardente dos cabelos de Amélie e o verde suave das janelas de Montmartre, cada cor evoca uma emoção distinta e contribui para o visual cativante do filme. Mais do que simplesmente decorativo, o uso das cores desempenha um papel crucial na imersão do espectador na jornada de Amélie.



    "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain" transcende o status de mero filme para se tornar uma obra de arte cinematográfica passados vinte anos, especialmente pela sua profunda ressonância emocional, motivo do seu impacto duradouro na cultura cinematográfica. Participe dessa conversa escutando o episódio, e descubra novas formas de apreciação desse clássico.







    Dicas do Episódio:



    * Perfil: http://instagram.com/filmtourismus

    * Filme: Amnésia (Christopher Nolan) | IMDB

    * Filme: Zona de Interesse | IMDB

    * Exposição: CCBB Mundo Zira 

    * Jogo: Trilhas Urbanas 

    • 1h 11 min
    Arquicast 221 – Entrevista: Arquitetos Associados

    Arquicast 221 – Entrevista: Arquitetos Associados

    Hoje estamos aqui pra conhecer o trabalho de um escritório com sede nos morros das Minas Gerais. Baseados em Belo Horizonte, o escritório busca respostas adequadas e inovadoras para os problemas contemporâneos da arquitetura e das cidades brasileiras. São vencedores de diversos concursos nos últimos 25 anos, ganhadores de inúmeros prêmios nacionais e internacionais das mais renomadas instituições no mundo, além de estarem presentes em muitas (mesmo!) publicações dentro e fora do país, o que atesta a importância do trabalho dessa equipe, que nos dá o privilégio de conversar e entender um pouco mais dos seus processos internos.

    • 1h 24 min

Opiniões de clientes

4,9 de 5
97 avaliações

97 avaliações

Marcus V Batista ,

Grata descoberta!

Ótimo conteúdo, base teórica incrível

Dani VP ,

Arquitetura é parte essencial da vida

Vcs são tão, mas tão incríveis, amo, amo este podcast. A trilha que vcs estão seguindo é muito incrível. A paixão dos profissionais com quem vcs conversam fazem a vida ter muito sentido e só mostram o quanto ela é rica, e rica é uma palavra pobre aqui p/ o que eu quero significar quando a digo… vida longa ao Arquicast!!!!!

forbiddencastle ,

Avaliação.

Sou fã dos casts e não sou de ouvir muitos não. Além de um excelente conteúdo, tiver prazer de ser aluno e são excelentes professores e pessoas.

Top podcasts em Artes

vinte mil léguas
Megafauna Livraria Ltda
Ilustríssima Conversa
Folha de S.Paulo
451 MHz
Quatro cinco um
Estilo Possível por Marina Santa Helena
Marina Santa Helena
Clodovil do Avesso
ELLE Brasil
Outros Tempos Podcast
Orson Podcast

Você Também Pode Gostar de

Que História É Essa, Porchat?
GNT
Mamilos
B9
Giro do Loop
Loop Infinito
Xadrez Verbal
Central 3 Podcasts
O Assunto
G1
MacMagazine no Ar
MacMagazine.com.br