2 hr 23 min

Experimentos e Expedições Nazistas no Brasil #77 Geopizza

    • History

O Partido Nazista realizou uma série de expedições e experimentos no Brasil na década de 30 👇

 

Nesta edição, comentamos 3 experimentos e expedições nazistas que ocorreram em solo brasileiro:

 

A Expedição do Jari na Amazônia, a Fazenda de Monte Alegre em São Paulo e os Experimentos eugenistas em Espírito Santo

 

Na Amazônia, de 1935 - 1937, os nazistas percorreram o Amapá ao longo do Rio Jari.

 

Essa expedição tinha propósitos cartográficos, científicos e propagandísticos para o 3º Reich.

 

Os alemães foram anunciados como os "primeiros homens brancos do norte da Amazônia" fotografando e filmando o cotidiano dos indígenas Aparaí que "não tinham contato com a civilização moderna" (todos os pontos eram falsos)

 

Os materiais audiovisuais foram mais tarde exibidos na Alemanha, reforçando o estereótipo “colonial” e “subdesenvolvido” que o Brasil possuía em relação à Europa.

 

Um alemão da comitiva, Otto Schulz-Kampfhenkel, chegou a elaborar um plano de invasão e colonização da Amazônia pelo norte do Brasil, apresentado aos comandantes do Terceiro Reich.

 

Se o seu projeto, chamado de Projeto Guiana, tivesse sido aceito, o Amapá seria, futuramente, invadido por soldados de 3º Reich.

 

Um dos membros da expedição, Joseph Greiner, faleceu no Amapá, ganhando uma sepultura em formato de cruz com uma suástica, que existe até hoje próximo à cachoeira de Santo Antônio.

 

No segundo caso dessa edição, abordamos o episódio da Fazenda de Campina Monte Alegre, em São Paulo.

 

Na cidade de Campina do Monte Alegre, interior de São Paulo, próxima a Uberaba, havia uma fazenda gerida por integralistas com tendências nazistas.

 

Seus proprietários, eram ligados à elite industrial, política e urbanística do Rio de Janeiro, os Rocha Miranda.

 

Além de ser uma sede de encontro integralista, alguns tijolos do local possuíam a suástica nazista, assim como o gado da propriedade.

 

Ao longo de 1930, mais de 50 crianças pardas e pretas foram raptadas de orfanatos no Rio de Janeiro, mandados para trabalhar nas fazendas Cruzeiro do Sul e Santa Albertina, propriedade dos Rocha Miranda.

 

Os meninos não podiam deixar a fazenda, sendo libertos apenas quando o Brasil entrou em guerra com o Eixo e proibiu o integralismo e o nazismo.

 

Por fim, na terceira história abordamos os experimentos feitos pelo 3º Reich em 1937 no Espírito Santo.

 

O Instituto Tropical de Hamburgo encomendou uma pesquisa para descobrir se os imigrantes germânicos no Brasil poderiam comprometer a "raça ariana" por fatores climáticos.

 

O experimento avaliava a cor dos cabelos, da pele, media tamanho do crânio, largura da mandíbula e do nariz.

 

____________________

 

Se curte o conteúdo do Geo, agradecemos quem contribuir com nossa campanha mensal no:

 

Picpay: https://picpay.me/geopizza

Apoia.se: https://apoia.se/geopizza

ou Patreon: https://patreon.com/geopizza

Agora, temos uma loja com mapas, pôsteres e canecas, a GEOSTORE!🌎 https://shopee.com.br/shop/482090101/

O Partido Nazista realizou uma série de expedições e experimentos no Brasil na década de 30 👇

 

Nesta edição, comentamos 3 experimentos e expedições nazistas que ocorreram em solo brasileiro:

 

A Expedição do Jari na Amazônia, a Fazenda de Monte Alegre em São Paulo e os Experimentos eugenistas em Espírito Santo

 

Na Amazônia, de 1935 - 1937, os nazistas percorreram o Amapá ao longo do Rio Jari.

 

Essa expedição tinha propósitos cartográficos, científicos e propagandísticos para o 3º Reich.

 

Os alemães foram anunciados como os "primeiros homens brancos do norte da Amazônia" fotografando e filmando o cotidiano dos indígenas Aparaí que "não tinham contato com a civilização moderna" (todos os pontos eram falsos)

 

Os materiais audiovisuais foram mais tarde exibidos na Alemanha, reforçando o estereótipo “colonial” e “subdesenvolvido” que o Brasil possuía em relação à Europa.

 

Um alemão da comitiva, Otto Schulz-Kampfhenkel, chegou a elaborar um plano de invasão e colonização da Amazônia pelo norte do Brasil, apresentado aos comandantes do Terceiro Reich.

 

Se o seu projeto, chamado de Projeto Guiana, tivesse sido aceito, o Amapá seria, futuramente, invadido por soldados de 3º Reich.

 

Um dos membros da expedição, Joseph Greiner, faleceu no Amapá, ganhando uma sepultura em formato de cruz com uma suástica, que existe até hoje próximo à cachoeira de Santo Antônio.

 

No segundo caso dessa edição, abordamos o episódio da Fazenda de Campina Monte Alegre, em São Paulo.

 

Na cidade de Campina do Monte Alegre, interior de São Paulo, próxima a Uberaba, havia uma fazenda gerida por integralistas com tendências nazistas.

 

Seus proprietários, eram ligados à elite industrial, política e urbanística do Rio de Janeiro, os Rocha Miranda.

 

Além de ser uma sede de encontro integralista, alguns tijolos do local possuíam a suástica nazista, assim como o gado da propriedade.

 

Ao longo de 1930, mais de 50 crianças pardas e pretas foram raptadas de orfanatos no Rio de Janeiro, mandados para trabalhar nas fazendas Cruzeiro do Sul e Santa Albertina, propriedade dos Rocha Miranda.

 

Os meninos não podiam deixar a fazenda, sendo libertos apenas quando o Brasil entrou em guerra com o Eixo e proibiu o integralismo e o nazismo.

 

Por fim, na terceira história abordamos os experimentos feitos pelo 3º Reich em 1937 no Espírito Santo.

 

O Instituto Tropical de Hamburgo encomendou uma pesquisa para descobrir se os imigrantes germânicos no Brasil poderiam comprometer a "raça ariana" por fatores climáticos.

 

O experimento avaliava a cor dos cabelos, da pele, media tamanho do crânio, largura da mandíbula e do nariz.

 

____________________

 

Se curte o conteúdo do Geo, agradecemos quem contribuir com nossa campanha mensal no:

 

Picpay: https://picpay.me/geopizza

Apoia.se: https://apoia.se/geopizza

ou Patreon: https://patreon.com/geopizza

Agora, temos uma loja com mapas, pôsteres e canecas, a GEOSTORE!🌎 https://shopee.com.br/shop/482090101/

2 hr 23 min

Top Podcasts In History

Sarah Marshall
Slate Podcasts
Wondery
Wondery
Incongruity
NPR