37 episódios

Entrevistas sobre carreira e estilos de vida. Histórias de pessoas e de empreendedorismo que inspiram. Para quem vive se perguntando se fez as melhores escolhas profissionais.

Coisas que a gente cri‪a‬ Barbara Nickel

    • Diários
    • 4.7 • 31 avaliações

Entrevistas sobre carreira e estilos de vida. Histórias de pessoas e de empreendedorismo que inspiram. Para quem vive se perguntando se fez as melhores escolhas profissionais.

    036 - Thais Moro: os vídeos para relaxar que atraem milhões de views no YouTube (ASMR)

    036 - Thais Moro: os vídeos para relaxar que atraem milhões de views no YouTube (ASMR)

    A Thais Moro é formada em Publicidade e hoje trabalha como freelancer com Social Media, mas a nossa conversa é sobre outra coisa. Um dos (muitos!) projetos da Thais é um canal de ASMR no YouTube. O que é isso? Bem, ela vai explicar direitinho durante a entrevista, mas basicamente é uma reação de relaxamento extremo (pode dar muito muito sono) que algumas pessoas sentem ao ouvir determinados sons ou ver determinadas cenas. Os canais de ASMR no YouTube reproduzem estes gatilhos e atraem milhares de pessoas (algumas curiosas, outras já familiarizadas com a experiência). 
    Nós conversamos sobre o fenômeno, a história, o processo de gravação (que precisa ser muito cuidadoso), os "temas" que a Thais já gravou, a questão polêmica da sexualização deste tipo de conteúdo, os haters, o efeito positivo que pode ter na vida das pessoas, as condições ideais para testar, enfim, muita coisa!
    Além disso, falamos da vida, claro! A Thais não gosta muito de se definir apenas pelos projetos profissionais e não tem muita rotina. Como muitos de nós, acha que poderia ter um pouco mais de foco para realizar seus projetos. Em pelo menos uma meta a Thais está concentrada: evoluir como ser humano e contribuir para um mundo melhor, com pessoas mais felizes.
    A conversa foi gravada por Skype no início de novembro. Como as coisas estão meio corridas por aqui, fiquei duas semanas sem publicar novos episódios, mas estou feliz de estar de volta com um conteúdo que pode ajudar mais gente a encarar com um pouco mais de tranquilidade a agitação que o final de ano costuma trazer :)
    Encontre a Thais Moro e seu canal de ASMR:
    Canal da Thais no YouTube: https://www.youtube.com/user/luvluvluvASMR
    Thais no Facebook (perfil para falar sobre AMSR): https://www.facebook.com/thais.luvasmr 
    Thais Moro no Facebook: https://www.facebook.com/thsmro  
    Thais no Instagram: https://www.instagram.com/thsmro/ 
     

    --
    UM CONVITE :)
    Participe da pesquisa: http://bit.ly/2gBwA9d 
    Ou manda um áudio!
    Desde março desse ano, quando coloquei o primeiro episódio do Coisas que a gente cria no ar, já ouvi muita gente interessante, aprendi muita coisa, me transformei muito. Agora eu estou planejando um episódio de encerramento do ano em que quero falar sobre isso tudo. E eu adoraria incluir vocês, ouvintes, que estão me acompanhando nessa jornada.
    Me mandem áudios de WhatsApp contando o que vocês acharam, descobriram, refletiram, aprenderam com as entrevistas. Não esqueçam de dizer nome e cidade de onde estão falando. Ainda vale enviar ;) O número é 51 99565-2402 (só vale enviar áudio mesmo, eu não atendo ligações neste número).
    --
    Coisas que a gente cria é um podcast de entrevistas criado pela jornalista Barbara Nickel, de Porto Alegre. Para ver todas as entrevistas e todos os links de referências citados durante os episódios, acesse www.coisasqueagentecria.com/category/podcast/ 
    Curta a página no Facebook: https://www.facebook.com/coisasqueagentecria/ 

    • 1h 10 min
    035 - Ana Emília Cardoso: a mamãe é rock e luta por uma sociedade menos desigual

    035 - Ana Emília Cardoso: a mamãe é rock e luta por uma sociedade menos desigual

    Ana Emília Cardoso é autora dos livros A Mamãe é Rock, Natal, férias e outras histórias e Quando falta ar (o último é uma coletânea de textos que inclui outros autores). É a criadora do projeto Bonne Chance, de aulas de francês com refugiados. É colaboradora do coletivo feminista Casa da Mãe Joanna. É mãe de duas meninas e é casada com o comunicador Marcos Piangers. 
    Nossa conversa começa no projeto Bonne Chance, que nasceu como uma ideia despretensiosa e ganhou repercussão muito rapidamente. Um monte de gente imagina soluções para problemas da sociedade, mas poucas se mobilizam para fazer acontecer. O que falta para que mais iniciativas de impacto positivo ganhem o mundo? 
    Conversamos também sobre sucesso. Não é todo o dia que falamos com alguém que viu seu livro aparecer na lista de 10 mais vendidos do Brasil por várias semanas. O mais incrível é que a Ana Emília publicou três livros na vida - todos em 2016. É claro que o lado rock da maternidade não poderia ficar de fora da entrevista. 
    É um daqueles episódios com muitos assuntos, que a Ana Emília tem muita coisa pra dizer. Se você está procurando conhecer uma pessoa inspiradora e realizadora, encontrou :) 
    Encontre a Ana Emília Cardoso e seus projetos: 
    Ana Emília no Facebook: https://www.facebook.com/ana.e.cardoso  
    Ana Emília no Instagram: https://www.instagram.com/casadeanita/ 
    A Mamãe é Rock no Facebook: https://www.facebook.com/amamaeerock/ 
    Bonne Chance no Facebook: https://www.facebook.com/francescomrefugiados/ 
    Podcast Falo & Falo, do coletivo Casa da Mãe Joanna: http://casadamaejoanna.com/category/ouca/ 

    --
    UM CONVITE :)
    Desde março desse ano, quando coloquei o primeiro episódio do Coisas que a gente cria no ar, já ouvi muita gente interessante, aprendi muita coisa, me transformei muito. Agora eu estou planejando um episódio de encerramento do ano em que quero falar sobre isso tudo. E eu adoraria incluir vocês, ouvintes, que estão me acompanhando nessa jornada.
    Me mandem áudios de WhatsApp contando o que vocês acharam, descobriram, refletiram, aprenderam com as entrevistas. Não esqueçam de dizer nome e cidade de onde estão falando. Vale enviar até o dia 21 de novembro. O número é 51 99565-2402 (só vale enviar áudio mesmo, eu não atendo ligações neste número).
    --
    Coisas que a gente cria é um podcast de entrevistas criado pela jornalista Barbara Nickel, de Porto Alegre. Para ver todas as entrevistas e todos os links de referências citados durante os episódios, acesse www.coisasqueagentecria.com/category/podcast/ 
    Curta a página no Facebook: https://www.facebook.com/coisasqueagentecria/ 

    • 1h 14 min
    034 - Carol Anchieta: feminismo negro, um projeto experimental na TV e caminhos possíveis na comunicação

    034 - Carol Anchieta: feminismo negro, um projeto experimental na TV e caminhos possíveis na comunicação

    A Carol Anchieta é jornalista, teve algumas experiências em veículos tradicionais e hoje trabalha como freelancer. Acredita que o caminho daqui pra frente tem a ver com produção de conteúdo independente. Ela fez parte do elenco do canal Octo, uma experiência do Grupo RBS que teve como objetivo levar mais diversidade e um formato diferente de comunicação à TV. O projeto foi encerrado em setembro deste ano.
    A Carol foi apresentadora na TV Unisinos. Depois disso, passou pelo canal Futura e pelo programa Encontro com Fátima Bernardes. Antes de iniciar o curso de Jornalismo, cursou Educação Física e chegou a dar aulas de patinação artística na Sogipa.
    A gente começou falando sobre trabalho, sobre o que a Carol está buscando agora, sobre a falta de diversidade nas redações. Conversamos também sobre racismo, sobre a experiência de crescer como uma menina negra de classe média em Porto Alegre e, claro, sobre machismo e a descoberta do feminismo. A Carol fala muito e fala bem rápido. Lá no site www.coisasqueagentecria.com estão links para muitas das referências que ela cita durante a conversa.
    Encontre a Carol Anchieta: 
    Instagram: https://www.instagram.com/carolanchieta/ 
    Facebook: https://www.facebook.com/carol.anchieta 

    --
    UM CONVITE :)
    Desde março desse ano, quando coloquei o primeiro episódio do Coisas que a gente cria no ar, já ouvi muita gente interessante, aprendi muita coisa, me transformei muito. Agora eu estou planejando um episódio de encerramento do ano em que quero falar sobre isso tudo. E eu adoraria incluir vocês, ouvintes, que estão me acompanhando nessa jornada.
    Me mandem áudios de WhatsApp contando o que vocês acharam, descobriram, refletiram, aprenderam com as entrevistas. Não esqueçam de dizer nome e cidade de onde estão falando. Vale enviar até o dia 21 de novembro. O número é 51 9565-2402 (só vale enviar áudio mesmo, eu não atendo ligações neste número).
    --
    Coisas que a gente cria é um podcast de entrevistas criado pela jornalista Barbara Nickel, de Porto Alegre. Para ver todas as entrevistas e todos os links de referências citados durante os episódios, acesse www.coisasqueagentecria.com/category/podcast/ 
    Curta a página no Facebook: https://www.facebook.com/coisasqueagentecria/ 

    • 1h 17 min
    033 - Ana Flávia Baldisserotto: com uma carrocinha na rua, comprando e vendendo histórias anônimas

    033 - Ana Flávia Baldisserotto: com uma carrocinha na rua, comprando e vendendo histórias anônimas

    Ana Flávia é artista, professora, mãe e criadora do projeto Armazém de Histórias Ambulantes. A carrocinha troca fotos e escritos anônimos por histórias de clientes e é aberta quinzenalmente no Parque da Redenção, em Porto Alegre. É isso mesmo: o mercadinho não recebe em dinheiro, cheque ou cartão. Para muitos, o inusitado de parar e contar uma história a uma pessoa estranha ou a falta de tempo para conversar são impedimentos para a concretização do negócio. Ana Flávia conta que alguns só param mesmo é para fotografar o espaço e postar nas redes sociais.
    O projeto das Histórias Ambulantes surgiu há 10 anos, e já desde antes disso a Ana Flávia vem se questionando sobre o lugar da arte que a arte ocupa no nosso mundo, por isso inventou de ir para as ruas. Nós conversamos sobre a história do projeto, a escolha por uma vida como artista, os aprendizados ao longo desse caminho, a necessidade de um espaço de escuta de histórias que não são notícia e também não são depoimentos de sucesso. Também falamos dos produtos da carrocinha, é claro. 
    O nosso foi um encontro de duas pessoas apaixonadas por escutar, por saber como são, como pensam, como vivem os outros seres humanos desse nosso tempo e lugar. Mas é interessante porque a gente tem perspectivas bem diferentes: eu como jornalista, e ela como artista. Eu fiquei muito curiosa, muito intrigada, às vezes meio perplexa, vocês vão ver, enquanto ela contava mais sobre o projeto. A conversa só não foi mais longe porque a Ana Flávia também é professora, os alunos começaram a chegar, e precisamos encerrar a entrevista. Um dia, sem dúvida, precisaremos retomar o papo :)
    --
    Encontre a Ana Flávia e o Armazém de Histórias Ambulantes:

    Ana Flávia no Facebook: https://www.facebook.com/anaflavia.baldisserotto 
    Armazém no Facebook: https://www.facebook.com/Armazém-de-Histórias-Ambulantes-534431290012286/ 
    Site do Armazém: http://www.historiasambulantes.com.br/ 
    --
    Quer participar de uma conversa sobre criação e criatividade? Eu, a Mariana Bandarra e a Larissa Magrisso vamos fazer um Hangout no dia 27/10. Para receber o link e entrar nesse bate-papo, é só clicar aqui: http://www.marianabandarra.com/algo 
    Para saber mais, acesse o evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1745306405735023/ 
    --
    Ouça o podcast Farol Jornalismo: https://soundcloud.com/faroljornalismo 
    --
     
    Coisas que a gente cria é um podcast de entrevistas criado por mim, Barbara Nickel. Eu sou uma jornalista de Porto Alegre e resolvi entrevistar pessoas que considero inspiradoras.
    Para saber mais sobre o projeto e conferir links sobre os temas desta entrevista, acesse: www.coisasqueagentecria.com 
    Vou adorar receber teu feedback sobre o podcast.
    Meu e-mail é barbara.nickel@gmail.com .
    Nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/coisasqueagentecria 

    • 1h 27 min
    032 - Vanessa Berg: da veterinária à moda, no meio do caminho tinha uma parceria de amor e trabalho

    032 - Vanessa Berg: da veterinária à moda, no meio do caminho tinha uma parceria de amor e trabalho

    A Vanessa Berg é designer de moda e uma das fundadoras do Estúdio Hybrido, um espaço de criação muito legal que hoje fica no Vila Flores, em Porto Alegre. Ela toca as atividades do estúdio ao lado do marido, o artista Marcelo Monteiro, e de mais dois amigos. Eu cheguei até ela porque me apaixonei pelas roupas lindas e super confortáveis que descobri por acaso em um evento. As roupas serviram de ponte: o que acabei encontrando foi uma mulher com uma história incrível para contar. E mais: uma designer de moda com consciência ecológica e preocupação com o seu impacto no planeta.
    A Vanessa é formada em veterinária e entrou de cabeça no mundo da micologia antes de começar a trabalhar em um plantão, atendendo cães e gatos em situação de emergência. A transição para o mundo da moda começou meio sutil, como um interesse paralelo, com a produção de bolsas e acessórios. O encontro com o Marcelo, na Redenção, foi o início de uma parceria de vida: eles são casados, têm um filho e trabalham juntos. 
    Nessa entrevista, eu estou tentando entender como é que se faz para traduzir o fundo do mar em blusas, saias e calças. A gente falou sobre a história e os projetos do estúdio, sobre a trajetória da Vanessa, sobre o encontro com o Marcelo e o fato de eles serem também parceiros de trabalho, sobre muitos artistas legais que atuam em Porto Alegre, sobre o Vila Flores, sobre o pai piloto de avião que inspirou sua curiosidade pela natureza, enfim, foi uma conversa deliciosa. 
    --
    Quer participar de uma conversa sobre criação e criatividade? Eu, a Mariana Bandarra e a Larissa Magrisso vamos fazer um Hangout no dia 27/10. Para receber o link e entrar nesse bate-papo, é só clicar aqui: http://www.marianabandarra.com/algo 
    Para saber mais, acesse o evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1745306405735023/ 
    --
    Encontre a Vanessa, o Estúdio Hybrido e o Vila Flores:

    Vanessa no Facebook: https://www.facebook.com/missvanb 
    Estúdio Hybrido no Facebook: https://www.facebook.com/Estúdio-Hybrido-373565782665077/ 
    Estúdio Hybrido no Instagram: https://www.instagram.com/estudiohybrido/ 
    Estúdio Hybrido no Vimeo: https://vimeo.com/channels/estudiohybrido 
    Site do Vila Flores: https://vilaflores.wordpress.com/ 
    Vila Flores no Facebook: https://www.facebook.com/vilaflorespoa/ 
    --
    Coisas que a gente cria é um podcast de entrevistas criado por mim, Barbara Nickel. Eu sou uma jornalista de Porto Alegre e resolvi entrevistar pessoas que considero inspiradoras.
    Para saber mais sobre o projeto e conferir links sobre os temas desta entrevista, acesse: www.coisasqueagentecria.com 
    Vou adorar receber teu feedback sobre o podcast.
    Meu e-mail é barbara.nickel@gmail.com .
    Nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/coisasqueagentecria 

    • 1h 23 min
    031 - Gabriela Guerra: questionando o que significa “dar certo" profissionalmente na nossa sociedade

    031 - Gabriela Guerra: questionando o que significa “dar certo" profissionalmente na nossa sociedade

    Ninguém vai discordar: a tecnologia pode ajudar pessoas, empresas, ou outras organizações sociais a resolverem os mais diferentes tipos de problemas. Isso significa necessariamente que mais tecnologia faz o mundo ficar melhor? Não. A Gabriela Guerra tem uma visão bastante crítica sobre os possíveis impactos sociais da evolução tecnológica. E ela é diretora-presidente no Brasil de uma empresa de tecnologia, a ThoughtWorks, que também é conhecida como TW. O que faz a TW e o que a Gabriela faz lá? Ela vai explicar. 
    A gente também conversou sobre inovação e diversidade no ambiente de trabalho. E acho que alguns insights valem mesmo para quem está fora do ambiente corporativo: se ela fala que o medo de errar dificulta a mudança dentro das empresas, o mesmo vale para muitos movimentos que a gente pensa em fazer na vida, né? E a Gabi questiona bastante a ideia de sucesso profissional na nossa sociedade, acho que essa reflexão que ela faz pode ser bem interessante para quem não anda muito confiante sobre o lugar onde quer chegar profissionalmente. O que significa exatamente a ideia de “dar certo”? Esse foi um dos temas da conversa. 
    Encontre a Gabriela Guerra e a ThoughtWorks:
    TW no Facebook: https://www.facebook.com/ThoughtWorks/ 
    TW no Medium: https://medium.com/@thoughtworks 
    Blog da TW: https://www.thoughtworks.com/blogs 
    Gabi no Facebook: https://www.facebook.com/gabrielaludwigguerra 
    Gabi no Twitter: https://twitter.com/gabrielaguerra  
    --
    Coisas que a gente cria é um podcast de entrevistas criado por mim, Barbara Nickel. Eu sou uma jornalista de Porto Alegre e resolvi entrevistar pessoas que considero inspiradoras.
    Para saber mais sobre o projeto e conferir links sobre os temas desta entrevista, acesse: www.coisasqueagentecria.com 
    Vou adorar receber teu feedback sobre o podcast.
    Meu e-mail é barbara.nickel@gmail.com .
    Nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/coisasqueagentecria 

    • 1h 6 min

Opiniões de clientes

4.7 de 5
31 avaliações

31 avaliações

Carolubaldina ,

Maravilhoso!

Um podcast feito com muito carinho e respeito, a cada episódio um aprendizado!

Lu-Pimentel ,

Melhor podcast

Fico cada vez mais encantada com as entrevistas que escuto.
Uma pena que o projeto tenha interrompido. Estou na torcida para que continue.

Liza Mello ,

Uma entrevista melhor que a outra!

Recomendo muito as entrevistas da Larissa Magrisso, da Valeria Houston, da Cris Lisbôa, da Carol Andreis e da Carolina Cimenti!

Top podcasts em Diários

Ouvintes também assinaram