127 episódios

Medicina, Política e Saúde traduzidas para o dia a dia. A Medicina tratada de uma forma descomplicada para todas e todos.



Equipe: Ana Pimentel, Aristóteles Cardona Júnior, Hania Bidu, Mayara Floss, Nicole Geovana, Pedro Carvalho Diniz, Rubens Cavalcanti e Thiago Henrique Silva



Links para o Medicina em Debate:

Site: www.medicinaemdebate.com.br

E-mail: medicinaemdebate@gmail.com

Twitter: www.twitter.com/medicinaemdbt

Instagram: www.instagram.com/medicina_em_debate

Facebook: www.facebook.com/medicinaemdebate

Medicina em Debate Medicina em Debate

    • Ciência
    • 4.3 • 102 avaliações

Medicina, Política e Saúde traduzidas para o dia a dia. A Medicina tratada de uma forma descomplicada para todas e todos.



Equipe: Ana Pimentel, Aristóteles Cardona Júnior, Hania Bidu, Mayara Floss, Nicole Geovana, Pedro Carvalho Diniz, Rubens Cavalcanti e Thiago Henrique Silva



Links para o Medicina em Debate:

Site: www.medicinaemdebate.com.br

E-mail: medicinaemdebate@gmail.com

Twitter: www.twitter.com/medicinaemdbt

Instagram: www.instagram.com/medicina_em_debate

Facebook: www.facebook.com/medicinaemdebate

    Vacinas no Brasil

    Vacinas no Brasil

    O início e o fim da picada







    Desde os últimos meses de 2020, o debate sobre as vacinas tomou conta do ambiente público no Brasil e no mundo. Especialmente porque hoje se deposita, com razão, muitas expectativas nas respostas que elas podem trazer diante da pandemia de Covid-19 que segue nos atingindo com muita força. 







    Mas antes de falar de vacinação para Covid-19, é preciso conhecer os caminhos das vacinas no Brasil, desde o período que precede o PNI – Programa Nacional de Imunização – e tudo que ele nos trouxe e nos traz até hoje. Neste episódio também debatemos questões mais atuais, como o papel do setor privado na vacinação no Brasil e os riscos do movimento antivacina.







    Como debatedora, contamos com Carla Domingues, que foi coordenadora-geral do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, responsável pela organização da política nacional de vacinação da população brasileira, no período de junho de 2011 a julho 2019. A mediação ficou por conta de Aristóteles Cardona Júnior, da equipe fixa do podcast.















    Vinhetas: Rubens CavalcantiEdição: Estopim Podcasts















    Apoie o Medicina em Debate:https://www.catarse.me/medicinaemdebate















    Twitter – http://www.twitter.com/medicinaemdbtInstagram – http://www.instagram.com/medicina_em_debateFacebook – http://www.facebook.com/medicinaemdebateTelegram – http://t.me/medicinaemdebate

    • 45 min
    Episódio dos abraços: histórias de (des)encontros para o começo do ano

    Episódio dos abraços: histórias de (des)encontros para o começo do ano

    Neste episódio, Rubens Cavalvanti e Mayara Floss conversam sobre o encontro da Mayara com o escritor uruguaio autor do livro “As veias abertas da América Latina”, Eduardo Galeano. No episódio, a história é contada como uma mistura de sonhos, movimento estudantil e reflexões da medicina. Pensamos como um presente esperançoso para o começo deste 2021.















    Vinheta e edição: Rubens Cavalcanti















    Apoie o Medicina em Debate:https://www.catarse.me/medicinaemdebate















    Twitter – http://www.twitter.com/medicinaemdbtInstagram – http://www.instagram.com/medicina_em_debateFacebook – http://www.facebook.com/medicinaemdebateTelegram – http://t.me/medicinaemdebate

    • 29 min
    Aborto na Argentina – A conquista de um direito

    Aborto na Argentina – A conquista de um direito

    Na madrugada do dia 30 de dezembro de 2020, foi aprovada no senado argentino a lei que garante assistência segura, legal e gratuita a qualquer pessoa que queira realizar a interrupção da gestação. 







    A lei 27610 altera o código penal argentino que, desde 1921, considerava, crime a prática do aborto nas gravidezes que não fossem oriundas de violência sexual ou que pusessem em risco a vida da pessoa grávida.







    Para compreender os impactos dessa nova legislação argentina e sentir um pouco como está o clima no país vizinho, conversamos com Federico Bordon (@bordonfederico – Instagram) e Maria Flávia (@flariamavia – Instagram), médicos argentinos que fazem parte da Asociación Sexológica del Litoral (@Aselsexologia – Instagram e Twitter). A apresentação foi de Rubens Cavalcanti.















    Vinheta e edição: Rubens Cavalcanti







    Músicas:







    I Don’t Smoke – Mythical Score SocietyShe Knocks – Lukas AmilTango de Manzana – Kevin MacLeod















    Apoie o Medicina em Debate:







    https://www.catarse.me/medicinaemdebate















    Twitter – http://www.twitter.com/medicinaemdbtInstagram – http://www.instagram.com/medicina_em_debateFacebook – http://www.facebook.com/medicinaemdebateTelegram – http://t.me/medicinaemdebate

    • 16 min
    A Telemedicina veio para ficar?

    A Telemedicina veio para ficar?

    Sem recesso de fim de ano, o Medicina em Debate encerra 2020 tratando de Telemedicina e Telessaúde. Neste episódio debatemos avanços e riscos envolvidos com o emprego cada vez mais disseminado da Telemedicina em nosso dia a dia, assim como as diferenças no meio de tantos termos como telessaúde, teleatendimento e telediagnóstico.Para compor o debate contamos com as participações de Marcel Ribeiro Dantas (blog/twitter), que é Engenheiro da Computação e atuando na área de health informatics desde 2011, e Gustavo Godoy Magalhães que é Médico de Família e Comunidade e atualmente coordena o Núcleo Municipal de Telessaúde de Recife-PE. A medição ficou com Aristóteles Cardona Júnior, da equipe fixa do podcast.







    Mais sobre os convidados:Marcel é Engenheiro de Computação (UFRN), Especialista em Big Data (UFRN) e Mestre em Bioinformática (UFRN), desde 2011 atuando na área de health informatics. Trabalhou no Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde por vários anos, onde geriu times e desenvolveu sistemas para o Ministério da Saúde. Atualmente é aluno de doutorado na Sorbonne Université, em Paris, e Early Stage Researcher no Institut Curie, onde desenvolve estudos em inferência causal a partir de dados de pacientes com câncer.Gustavo é Médico pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE (2006) com residência em Medicina de Família e Comunidade pela mesma universidade (2009). Mestre em Ensino em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP (2012). Possui ainda especialização em Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa pelo Colégio Médico de Acupuntura (2010). No momento, em curso de Doutorado em Educação Matemática e Tecnológica no EDUMATEC – UFPE. Participa da linha de pesquisa Coreografias Didáticas e Institucionais do Laboratório de Pesquisa e Práticas – Educação, Metodologias e Tecnologias – EDUCAT. Atua como professor da graduação em Medicina do Núcleo de Ciências da Vida (NCV) do Centro Acadêmico do Agreste (CAA) da UFPE e coordenador do Núcleo Municipal de Telessaúde – DEGTES – SESAU Recife. Desenvolve atividades de gestão, ensino, pesquisa e extensão em Educação Tecnológica, Saúde Digital, Atenção Primária à Saúde e Práticas Integrativas e Complementares.







    Pesquisa com ouvintes do Medicina em Debate. PARTICIPE















    Vinhetas: Rubens CavalcantiEdição: Estopim Podcasts















    Apoie o Medicina em Debate:https://www.catarse.me/medicinaemdebate















    Twitter – http://www.twitter.com/medicinaemdbtInstagram – http://www.instagram.com/medicina_em_debateFacebook – http://www.facebook.com/medicinaemdebateTelegram – http://t.me/medicinaemdebate

    • 1h 20 min
    Governo suspende exames de HIV e Hepatite C. E agora?

    Governo suspende exames de HIV e Hepatite C. E agora?

    O mote para o nosso debate foi o anúncio, no início deste mês de dezembro, do fim do contrato com a empresa que cuidava desde 2015 da genotipagem para HIV e Hepatite C no país. A genotipagem é o exame que define quais são os detalhes genéticos do vírus e isso ajuda a definir o tratamento, especialmente em casos onde já há resistência a algum dos medicamentos que podem ser usados.







    Aproveitamos, então, para fazer uma retrospectiva sobre o cuidado de pessoas com HIV/Aids e Hepatites Virais no Brasil, qual o panorama atual e quais as perspectivas daqui para frente. Participam deste episódio Aristóteles Cardona Junior, na moderação, Luiz Paulo e Bruno Ishigami







    Luiz Paulo – Médico de Família e Comunidade, Mestrando em Saúde ColetivaBruno Ishigami – Médico Infectologista pelo Hospital Universitário Oswaldo Cruz, atuando na AHF Brasil,  Mestrando em Saúde Pública pela Fiocruz







    Referências:







    * Governo deixa contrato vencer e exames de HIV e hepatite C pelo SUS são suspensos* Casos de Aids diminuem no Brasil | Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis* Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais – 2020















    Pesquisa com ouvintes do Medicina em Debate. PARTICIPE















    Vinhetas: Rubens CavalcantiEdição: Estopim Podcasts















    Apoie o Medicina em Debate:https://www.catarse.me/medicinaemdebate















    Twitter – http://www.twitter.com/medicinaemdbtInstagram – http://www.instagram.com/medicina_em_debateFacebook – http://www.facebook.com/medicinaemdebateTelegram – http://t.me/medicinaemdebate

    • 1h 19 min
    Segurança de Dados em Saúde

    Segurança de Dados em Saúde

    Recentemente soubemos sobre o vazamento de dados pessoais de mais de 240 milhões de brasileiros por parte do Ministério da Saúde. Você consegue ter a dimensão da gravidade desta informação? E olhe que não foi a primeira vez. Um vazamento de senhas, novamente por parte do Ministério da Saúde, expôs dados de mais de 16 milhões de pessoas que submeteram a testes para Covid-19







    Em um mundo cada vez mais em “nuvens”, quem garante que informações nossas presentes em sistemas, prontuários eletrônicos, entre outras plataformas, estão realmente seguras? Este é um assunto sério e que precisa de nossa atenção.







    Para debater conosco trouxemos Fernanda Campagnucci e Giliate Coelho Neto. A mediação ficou por conta de Aristóteles Cardona Júnior.















    Pesquisa com ouvintes do Medicina em Debate. PARTICIPE















    Vinhetas: Rubens CavalcantiEdição: Estopim Podcasts















    Apoie o Medicina em Debate:https://www.catarse.me/medicinaemdebate















    Twitter – http://www.twitter.com/medicinaemdbtInstagram – http://www.instagram.com/medicina_em_debateFacebook – http://www.facebook.com/medicinaemdebateTelegram – http://t.me/medicinaemdebate

    • 1h 4 min

Opiniões de clientes

4.3 de 5
102 avaliações

102 avaliações

Josyper ,

Saúde em Debate

Pessoal muito bom, com questionamentos pertinentes e informação sempre atualizada

Melry1 ,

Parabéns pelos temas!

Impressionada com os temas que vocês escolhem, é sensacional!!! Melhor podcast sobre Medicina com M maiúsculo!

waldemaramaralneto ,

Triste

Horrorosa a posição política deles em meio a informação científica. Pra ouvir política vou para canais no qual a informação política é completa e imparcial, assim podendo formar o minha opinião.
Por favor, se delimitem ao tema estudado para que nós ouvintes não sejamos obrigados a ouvir tanta baboseira

Top podcasts em Ciência

Ouvintes também assinaram