24 episodes

A Vida Resolve-se Sozinha: Um podcast sobre amor com Catarina Beato

A Vida Resolve-se Sozinha Catarina Beato

    • Society & Culture

A Vida Resolve-se Sozinha: Um podcast sobre amor com Catarina Beato

    #24 Amar os outros como a ti mesmo com o padre Paulo Duarte

    #24 Amar os outros como a ti mesmo com o padre Paulo Duarte

    Fazer um podcast é aprender alguma coisa em todos as conversas. Alguns temas (e convidados) são-me mais próximos, outros vou cheia de medo porque a sua realidade é distante da minha. São muitas vezes os episódios em que sou surpreendida. Queria, desde o início, conversar com um Padre. Sou uma mulher de fé (fé antropológica, aprendi) mas não acredito em Deus (apesar do meu profundo respeito pela história de Jesus).

    Paulo Duarte é um homem muito bonito, de uma cultura infinita. Já trabalhou como comissário de bordo, hoje é professor, psicólogo e outra quantidade de profissões que cabem naquilo que faz. Apaixonado pela dança, acredita no poder do silêncio com a mesma intensidade que defende a importância de falar e escutar. Paulo Duarte é padre jesuíta e a única pessoa que me fez entender o voto de castidade. E que fala de uma forma assustadoramente bonita e lúcida sobre a existência do corpo e da mente, no amor e em tudo na vida. Quem diria que "amar ao próximo como a si mesmo" encerraria tantas lições de amor próprio.

    Este é um podcast sobre amor. E este é um episódio especial, ou não fosse aquele em que estivemos mais perto do céu.

    • 1 hr 8 min
    #23 O amor (e o sexo) depois da menopausa com Marta Cuntim

    #23 O amor (e o sexo) depois da menopausa com Marta Cuntim

    A sexóloga Marta Cutim voltou (ou nunca saiu do estúdio) para, desta vez, falar sobre o amor quando as hormonas queiram boicotar o momento. É a menopausa, chegue ela demasiado cedo ou (em teoria) demasiado tarde. São todas as mudanças que acontecem no corpo mas, principalmente, as mudanças que temos que fazer na forma como encaramos esta fase de vida.

    E agora vão ouvir o episódio anterior com a Marta Cutim (e todas os outros).

    Não se esqueçam de dar a vossa opinião e mandar sugestões.

    • 26 min
    #22 Como é que o amor e as finanças pessoais se cruzam? Com Bárbara Barroso.

    #22 Como é que o amor e as finanças pessoais se cruzam? Com Bárbara Barroso.

    Bárbara Barroso, eleita em 2019, pelo Canal História, a figura portuguesa mais relevante na área financeira, é casada e mãe de dois rapazes.

    Trabalhámos juntas nos maravilhosos tempos do Diário Económico na Rua Oliveira ao Carmo e ela já era uma craque do sector das finanças. Podia enumerar o incrível currículo desta mulher enquanto jornalista de economia mas destaco o motivo para a qual a convidei: sabe descomplicar e ensinar finanças pessoais, levar às pessoas ao que chamamos literacia financeira.

    Para quem não perceba do que estamos a falar quando dizemos finanças pessoais, tenho a certeza que dizendo impostos, créditos, poupanças e gestão de gastos pessoais, chegam lá.

    Convidei a Bárbara para conversarmos sobre o impacto do dinheiro numa relação amorosa. E cheguei à conclusão que a forma como gastamos diz muito mais sobre o que somos do que imaginei.

    Para perceberem têm que ouvir todo o episódio e façam-nos com uma folha ao lado para tirarem apontamentos porque vai

    ser uma aula maravilhosa.

    E não se esqueçam de ouvir o podcast Moneylab em qualquer plataforma.

    • 55 min
    #21 Viver em permanente estado de amor. Primeiro por mim. Depois o outro. Com Isabel Saldanha

    #21 Viver em permanente estado de amor. Primeiro por mim. Depois o outro. Com Isabel Saldanha

    Eu acho que a Isabel Saldanha dispensa apresentações: fotografa divinalmente, escreve maravilhosamente, viaja intensamente (acho que já me faltam os advérbios de modo).

    A Isabel é uma mulher que vive a vida assim, como se qualquer momento fosse digno de um filme. Sempre com um copo de vinho. Veio conversar sobre amor porque é especialista em viver. Contou-nos como é viver o início de uma relação em tempos de quarentena, uma espécie de lua de mel Covid. E há lá coisa melhor que conversar sobre amor com uma mulher que está perdidamente apaixonada.



    Termino com as palavras da Isabel: 

    Gosto que me convidem para falar sobre o Amor, como se o estar apaixonada tivesse a equivalência de um mestrado. Talvez tenha a sua paridade académica, mas quem sabe quantos amores são precisos até que se ame bem? Quem sabe, se não vêm em múltiplos ou se têm a singularidade dos números primos. Eu não sei nada de amor. Ninguém sabe. Ou saberemos todos na exaltação mais sentimental quando somos donos de um sentir assim. Gosto de pensar que se pode amar um infinito de vezes e que com sorte e engenho, um dia se ame ao infinito de nós. Amar a dois pode ser um banquete, mas sem que haja um cabaz de amor próprio, o próprio amor estará impróprio para consumo.   



    Podem acompanhar o trabalho da Isabel no instagram: https://www.instagram.com/isaldanha/?hl=pt

    • 53 min
    #20 O meu namorado tem vergonha de mim porque sou gorda com Cristiana Santos

    #20 O meu namorado tem vergonha de mim porque sou gorda com Cristiana Santos

    Voltamos a conversar com a psicóloga Cristiana Santos para trazer uma das perguntas que recebo e que mais me magoa. O meu namorado tem vergonha de mim porque sou gorda, o que faço? Podemos amar alguém e ter vergonha dessa pessoa? Somos merecedoras de amor diga o que disser a balança? Sem vos querer dar respostas para que ouçam todo o episódio, deixo-vos a minha história. Emagreci 15 quilos e foi nessa condição física (menos peso) que conheci o Pedro. Anos depois de estarmos juntos engordei mais do que tinha perdido (podem perceber a razão técnica neste episódio) E eu, que nunca vivera mal com o meu corpo, dei por mim cheia de inseguranças. O Pedro gostaria de mim assim? A relação das mulheres com deveria ser a mais bonita história de amor mas é, de forma assustadoramente transversal, um lugar de ódio. Deixo-vos, ainda em segredo, a pista que eu e a Cristiana estamos preparar algo nesta luta por mulheres em paz com aquilo que são. É uma forma de comemorar 20 episódios sobre amor.

    • 47 min
    #19 Um amor aberto a outras experiências de vida (e pessoas)

    #19 Um amor aberto a outras experiências de vida (e pessoas)

    Um dos temas recorrentes deste Podcast tem sido o poliamor. Já aqui o confessei, tenho um verdadeiro fascínio pela temática da poligamia. 

    Depois de conversar com a psicóloga Cristiana Santos, com o psiquiatria José Gameiro e até com o casal e Mia e Pedro (tudo episódios disponíveis) encontrei alguém para me ajudar a perceber tudo na primeira pessoa. Catarina tem 20 anos e começou a namorar aos 14 anos. Vive uma relação aberta com espaço para vivências que incluem outras relações. Esqueçam a idade da Catarina e ouçam cada palavra sem preconceito. O que está na base desta decisão? Como é viver sem ciúme? O que é o poliamar? Existe espaço para vários compromissos?Acreditem: há muita maturidade nesta decisão e nesta vivência. 



    E ouçam os episódios anteriores, fazem todo o sentido para compreenderem este.

    • 29 min

Top Podcasts In Society & Culture

Listeners Also Subscribed To